Terça-feira, 18 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1562
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

12/06/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
SAUDE está na UTI - Uma força de expressão muito utilizada para dizer que a saúde anda mal. Pois agora não é mais força de expressão. É uma realidade dramática e palpável. A saúde está realmente na UTI, ou se quiserem, no CTI. E de lá não vai ser fácil sair. E o pior, a situação, a cada dia, se agrava mais. Não se vislumbra nenhuma solução. Os governos do Estado e da União, ao invés de dar pelo menos um pouco de esperança para o povo, só fazem chorar, reclamar e anunciar novos tributos.

MÁGICA para salvar a situação não existe. O que precisa é dinheiro e muito dinheiro. Grana que precisa ser aplicada com seriedade, competência e principalmente honestidade. E esses ingredientes estão em falta no mercado. O que se vê é falta de seriedade, incompetência e, principalmente, desonestidade.

EM TRÊS DE MAIO, o Hospital São Vicente de Paulo promete acabar com o atendimento de Urgência e Emergência pelo SUS nos próximos dias. É uma coisa inimaginável. O que vão fazer os familiares de um cidadão  sem condições financeiras, acometido de enfermidade grave como AVC, infarto ou acidente? Esperar a morte chegar? Parece que é o que vai restar.

DIZEM QUE O SUS é um dos melhores planos de saúde do mundo.  Até poderia ser, se fosse implementado e gerido em um país sério, onde a saúde realmente fosse prioridade; com equipes preparadas desde médicos até atendentes. Que respeitassem e atendessem os usuários com dedicação e competência. Que não agissem como se fosse uma obrigação. Aliás, é uma obrigação, mas são pagos para isso. E quem paga é o usuário.

PAGANDO O PATO - O chamado Ajuste Fiscal vai penalizar a população de várias formas. Os principais: aumento da carga tributária e a perda de direitos trabalhistas. Como se vê, o povo está sendo sacrificado e fazendo a sua parte na marra. E o governo o que é que está fazendo? Até agora, na prática, nada. Poderia também fazer a sua parte. Pra começar, cortar pela metade os 38 ministérios. Mas aí desagradaria milhares de companheiros, contemplados com o toma lá da cá.

CALIBRANDO - CRISSIUMAL
elege novo prefeito e vice neste domingo. SETREM ainda não desistiu do curso de Direito. O SAMU que já salvou centenas de vida na região, poderá deixar de funcionar. EM POLÍTICA, quem tem muitos candidatos não tem nenhum. CRESCIMENTO negativo do PIB, Rio Grande em recessão. SENAI inaugurou extensão de escola em Horizontina. ACONTECE até domingo, em Santa Rosa, a Indumóveis 2015. ABERTAS inscrições para o vestibular de inverno da Setrem. NOVA CANDELÁRIA lidera o ranking estadual na produção de suínos. VERA NARESSI assume o Sine em Três de Maio. Bom trabalho.

ÓTIMO FIM DE SEMANA, um feliz Dia dos Namorados, curtindo a luz de velas Roberto Carlos e Júlio Iglesias.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS