Segunda-feira, 22 de julho de 2019
Ano XXXI - Edição 1567
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

10/07/2015 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - O QUE VAI ACONTECER? - É a pergunta que muitos se fazem com relação ao amanhã. Sempre houve e sempre haverá o interesse em perscrutar o futuro. É porque nada está escrito que nos indique o que haverá no mês que vem, no ano que vem e muito menos na década que vem. Tudo são, pois, meras conjecturas sobre o que poderá vir a ser. Hoje, a ciência e a tecnologia conseguem prever o tempo com alguns dias de antecedência, mas nem sempre acerta. Ninguém se arrisca a prever o Produto Interno Bruto para o ano em curso, sem erro. Ninguém garante que o câncer seja curado e não há ainda fórmula para curar a dengue. Mas tudo é possível. E o futuro da humanidade qual será? Com certeza, nenhum cientista se arriscaria a dar um prognóstico sobre o amanhã dos seres vivos. E a inflação? Por aí se vê como é difícil e quase impossível opinar sobre o futuro, mesmo porque ainda não existe ciência futurâmica. A garantia de acerto é quase zero, quando se tenta adiantar o que ou como será a nossa economia no ano que vem. Ninguém tem bola de cristal para enxergar se haverá mais ou menos violência nos próximos cinco anos. Tentar adivinhar pode, mas prever o que vai acontecer, é impossível. Bom ou ruim que assim seja?

GOVERNO BUSCA SONEGADORES - De helicóptero, através da Operação São Tomé. Até o dia 8 de julho, helicópteros do fisco sobrevoaram várias cidades de regiões diferentes do Rio Grande do Sul, para detectar moradias de alto padrão, onde supostamente residem sonegadores. É o jeito, quando faltam fiscais, para constatar a sonegação in loco. Fiscalizar é preciso.

PRAZO TERMINOU - O prazo para aprovação dos Planos Municipais de Educação terminou no dia 24 de junho. A administração municipal de Três de Maio, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte, cumpriu religiosamente o prazo, mas em nível nacional, a maioria dos municípios ainda não aprovou seus planos de educação. E o que vai acontecer? Nada.

ECONOMIA DEBAIXO DO MAU TEMPO - Infelizmente, a economia do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff não vai nada bem. A inflação está projetada para 9%, o PIB pode cair para - 1,1% e o nível do desemprego está sendo projetado para 7,8% na Grande Porto Alegre e a energia pode subir 43,3% ao ano. Até quando, hein, vamos ficar debaixo do mau tempo?

QUE LÁSTIMA! - Hospitais fechando por falta de dinheiro. Salário de funcionários atrasados. O que faltou? Houve falta de planejamento lá atrás, quando se implantou o atual sistema de saúde? Parece que sim. É o que está acontecendo com a aposentadoria e outras estruturas institucionais. São tempos difíceis!

OS QUE VOTARAM CONTRA A MAIORIDADE PENAL AOS 16 ANOS SÃO A FAVOR OU CONTRA A CRIMINALIDADE?
VAMOS TER UM SEGUNDO SEMESTRE DE MUITA CHUVA. A CAUSA O EL NIÑO.

A NOSSA PRESIDENTE NÃO RESPEITA DELATOR.
Sem dúvida, a delação premiada é uma inovação. Gostar ou não gostar, não importa. O que importa é que, através da delação, se chegue aos salafrários. "Só que Dilma não ouve ninguém, nem o próprio Lula" Esta é a queixa. Será, então que não houve roubalheiras e os delatores são mentirosos e, por isso, não merecem respeito?

QUE FRASE! -
"O PT enfiou-se nesse mundo de pixolecos porque quis".





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/07/2019   |
12/07/2019   |
05/07/2019   |
28/06/2019   |
21/06/2019   |
07/06/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS