Quarta-feira, 20 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

24/07/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
POLÍTICA DE POUCO RESULTADO - Mais um revés para a região. A perda do Curso de Medicina pleiteado pela Unijuí expõe uma situação que vem se repetindo ao longo do tempo. A força dos políticos da região - entenda-se deputados - em relação aos governos do Estado e da União é pequena. Ou, não estão nem aí para os grandes temas e prioridades regionais. Exemplo: a luta até agora infrutífera, de mais de 20 anos por uma Ponte Internacional ligando Brasil e Argentina. Outro exemplo: a conclusão da ERS 305 que começou há mais de 30 anos e ninguém sabe quando vai acabar. Não encontram eco em Brasília, nem no governo do Estado. Seria tarefa para os deputados.

OS NOSSOS deputados federais vem para cá e cantam de galo, com as famigeradas Emenda Parlamentares que são nada mais do que  moeda de troca. Servem para alimentar uma relação promíscua entre governo e congresso e para os deputados pressionarem os prefeitos na busca de voto. Aliás, a maioria dos prefeitos é contra. Aceitam por que não tem outra solução. O que a região precisa são de políticos que lutem pelo seu desenvolvimento e que apresentem resultados na prática, não só no discurso.

MERECE o reconhecimento da comunidade a criação da Câmara Mirim e Jovem no Legislativo de Horizontina. Essa iniciativa deveria virar lei. É um mecanismo importante para a iniciação política e para a formação de novas lideranças. No momento em que a classe política está tão desprestigiada, a abertura para o surgimento de novas lideranças deve ser saudada.

ACREDITAR É PRECISO - Os Coredes começam a se preparar para mais uma rodada da Consulta Popular. Mais uma vez, o desafio será despertar o interesse da população. Desde a sua instituição, a Consulta Popular, que é um mecanismo democrático para o cidadão definir prioridades, não conseguiu mobilizar a população. Um dos motivos é a demora no atendimento das demandas priorizadas. Outro, é a falta de recursos cantada em versos e prosa pelo governo. Esse ano não deverá ser diferente.

SALVANDO A LAVOURA - Não há nenhum exagero ao afirmar que a soja é um dos produtos que mantém a economia brasileira andando, mesmo sem estradas e sem logística. Com a abertura de novos mercados e com preço do produto em alta, a oleaginosa deverá ganhar espaço nas lavouras. Levantamentos preliminares apontam para um crescimento de 3% na área plantada. Já a lavoura de milho, perde espaço com a redução do plantio em 3,8%.

CALIBRANDO - SANTA ROSA já tem cinema em 3D. MOACYR Carvalho mostrando serviço na Secretaria de Obras. Desafio - estradas do interior. SEMANA de homenagem às laboriosas classes dos colonos e motoristas. TRÂNSITO da região continua matando a granel. A UNIÃO FAZ a força - parabéns para a recém criada Associação Viver Bem com Parkinson (AVIBEPAR) de Três de Maio. ONDA de assaltos e arrombamentos só faz aumentar. CÂMARAS de vídeo monitoramento vão demorar muito ainda?

ÓTIMO FIM DE SEMANA - CURTINDO The Doors do genial Jim Morrison, de preferência, dando um play em Riders on the storm.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS