Sábado, 24 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Inicia sistema de videomonitoramento de vias públicas em Três de Maio

14/08/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
13 pontos estratégicos em Três de Maio estão recebendo câmeras de monitoramento através do projeto "Três de Maio, Cidade Mais Segura". Inicialmente, serão 13 câmeras de vídeo com monitoramento 24 horas, mas o número pode chegar a 32. O projeto é uma iniciativa da Associação Comercial e Industrial (ACI) e Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Três de Maio, com apoio das Polícias Militar e Civil

13 pontos estratégicos em Três de Maio já estão sendo monitorados

"Projeto Três de Maio, Cidade Mais Segura" contempla, neste momento, 13 câmeras de vídeo localizadas em pontos estratégicos, mas poderão chegar a 32.

O monitoramento por câmeras de vídeo já está em fase de teste no município. Após o lançamento oficial e divulgação para a imprensa na tarde de sexta, dia 7, iniciou-se a execução do "Projeto Três de Maio, Cidade Mais Segura" na segunda, dia 10.

Entidades parceiras
O projeto foi desenvolvido pela Associação Comercial e Industrial (ACI) e Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas) de Três de Maio, com apoio das Polícias Militar e Civil, com identificação dos pontos estratégicos para instalação de câmeras de segurança.

Segundo o presidente da ACI, Cristiano Rambo, o projeto também tem apoio do Consepro (Conselho de Segurança Pública), que será o comodatário desses equipamentos que serão cedidos pela ACI/Sindilojas.

Funcionamento 24 horas 
A central de monitoramento será no quartel da Brigada Militar, que é a autoridade competente para gerir a segurança pública e atuar na prevenção e combate de delitos, crimes, entre outros. Na delegacia da Polícia Civil será instalado igualmente um acesso privado, para que possam ser resgatadas imagens em uma possível investigação, que é de competência da mesma, bem como ver a situação em tempo real, explica o presidente da ACI.

Investimentos
Nesse primeiro momento, serão investidos R$ 40 mil, recursos dos caixas da ACI e do Sindilojas, que são necessários para execução da primeira parte do projeto e efetivo funcionamento e viabilização.

De acordo com Cristiano, após esse processo, certamente será solicitado apoio do poder público e iniciativa privada, para poder ampliar o números de pontos de monitoramento.

O presidente da ACI assinala que o monitoramento em Três de Maio é um fato histórico e mudará para melhor a segurança da população. "Certamente, não resolverá todos os nossos problemas, mas desta forma, criaremos ferramentas para prevenção e/ou investigação, e isso trará mais segurança para nossas empresas e cidadãos", destaca.

Cristiano recorda que o projeto vinha sendo discutido há bastante tempo entre os associados da ACI, que sempre apontaram essa necessidade. "Sabemos que, em princípio, essa seria uma atribuição pública, mas que, se esperarmos, podemos levar anos para recebermos recursos", destaca.

Mais segurança para o comércio e população
Para a Brigada Militar, o Protejo Três de Maio Cidade Mais Segura, é uma ferramenta que vem a somar, e de certa forma, dinamizar o combate à criminalidade no município, pois consiste na utilização de imagens para coibir, reprimir e, também, como meio de prova de crimes. Isso feito através da utilização de câmeras filmadoras dispostas em pontos estratégicos da cidade.

Na avaliação do designer de marcas e munícipe três-maiense, Paulo Roberto Alegretti, viver em uma cidade segura para a família e empresas, é tudo que um cidadão que paga seus impostos deseja. "A iniciativa do projeto com certeza terá apoio da comunidade. Penso que a segurança pública também é feita com o aparelhamento de prevenção acima de tudo".

De acordo com o empresário, o papel da ACI nesse contexto é de grande importância para a comunidade e não deixa de ser uma retribuição aos clientes dos seus associados.

FOTO: SANDRO RAMBO

Presidente do Sindilojas, Ernesto Kochann, presidente do Consepro,
Renato Abreu, delegado João Vittório Barbato, presidente da ACI,
Cristiano Rambo e comandante da Brigada Militar,
tenente Celito Eduardo Albuquerque


FOTO: ANDERSON BAUER

Confira a matéria completa no jornal impresso





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

03/02/2017   |
24/06/2016   |
27/05/2016   |
12/02/2016   |
12/02/2016   |
22/01/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS