Domingo, 25 de agosto de 2019
Ano XXXI - Edição 1571
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

21/08/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
O FUNCIONALISMO sabe que o governo não tem dinheiro para pagar a folha em dia. Mesmo assim está em greve. Conhece aquele dito popular "tirar leite de pedra", pois é esta a situação do governo. Não tem dinheiro e nem de onde tirar. Afinal, o que os funcionários querem que o governador faça se não tem dinheiro? Fazer greve é muito cômodo. E nesse momento, irresponsável. Ah, essa tal de estabilidade de emprego. Deveria ser instabilidade de emprego. Certamente seria diferente.

CERTAMENTE essa não será a última vez que o salário será atrasado. Aí greve outra vez? Qualquer dos candidatos que concorreram ao Piratini, que ganhasse as eleições, teria que fazer o mesmo. Caso contrário, incorria em erros históricos que levaram o Estado à atual situação. Pena que a solução será a de sempre. Aumentar impostos. Deveria ser outra. Como, por exemplo, combater a sonegação e principalmente diminuir o tamanho da máquina pública.

NOS ÚLTIMOS dias, duas notícias importantes tendo como fonte a prefeitura de Horizontina. Uma boa e outra ruim. A boa: o prefeito  Nildo Hickman convocou a imprensa para informar que nestes dois anos e meio de governo foram investidos em Horizontina 15 milhões de reais. Recursos do governo federal e do próprio município. A MÁ NOTÍCIA é que o TCE determinou uma inspeção especial na prefeitura para investigar os anos de 2013 e 2014. A inspeção é referente a Operação Carga Pesada que investiga a suspeita de envolvimento de funcionários do município em processo licitatório fraudulento. Situação, no mínimo, constrangedora.

EM MEIO a crise é que surgem os grandes empreendedores. Movidos por criatividade e coragem fazem a diferença. Já os perdedores se encolhem e se retraem. Muitos, mesmo com potencial para enfrentar as dificuldades com sucesso, se encolhem. Saem da mídia, com a desculpa de economizar. Na verdade, estão com medo. O empreendedor de sucesso  em tempo de crise usa a criatividade para mostrar a cara e ganha dinheiro. Faz do limão uma limonada.

A MANIFESTAÇÃO DO POVO no último domingo foi mais uma demonstração de que o descontentamento da população com a incompetência do governo de administrar e encontrar soluções para crise só faz aumentar. Por enquanto, essas manifestações tem sido pacíficas. A pergunta que preocupa: até quando?

CALIBRANDO - A VINGANÇA - vem aí o Viagra feminino. O EMPRESÁRIO Ildo Corso e o professor Ernani Rehn, na lista de prefeituráveis do PP. TREZE câmeras em ação em pontos estratégicos de Três de Maio. PARA ENFRENTAR a crise, prefeituras poderão antecipar a adoção de turno único. REFORMA POLÍTICA, uma grande enganação. RÚSTICA 60 anos de Três de Maio, grande evento. HOJE na Câmara, 4ª Conferência de Políticas para Mulheres.

ÓTIMO FIM DE SEMANA, curtindo Zé Geraldo, dando um play em "Milho aos pombos".



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS