Quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Criolipólise

04/09/2015 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
Criolipólise, uma técnica que congela áreas do corpo para eliminar gordura, tem sido o assunto do momento, entre as mulheres que querem perder  gordura localizada. Há poucos dias, o Fantástico levantou esta questão e, por sugestão de muitas leitoras, fui buscar mais esclarecimentos. 
Entrevistei as fisioterapeutas Dermato Funcional Josinéia Coradini (acima) e Daniela Lorenzoni.  
O procedimento é feito no consultório de Daniela Lorenzoni e quem realiza o procedimento da criolipólise é a fisioterapeuta Josinéia Coradini, com pós graduação em Fisioterapia Dermato Funcional e Cosmetologia. 
Josinéia é mestre em Biociências e Saúde, membro da Associação Brasileira de Fisioterapia Dermato Funcional. 
Na entrevista, elas tiram algumas dúvidas, falam dos cuidados necessários e dão dicas quanto ao procedimento seguro. 

O que é criolipólise?
A técnica foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard e está cientificamente comprovada, sendo cada vez mais indicada para quem deseja se livrar da gordura localizada que persiste mesmo com dietas e exercícios. 
A técnica utiliza o resfriamento intenso e controlado da gordura localizada para destruí-la. Danifica seletivamente as células adiposas, que são mais sensíveis ao frio, sem causar qualquer dano a nervos, músculos e outras estruturas circunjacentes. Na prática, o que acontece é a morte da célula de gordura. A eliminação das estruturas celulares destruídas pela baixa temperatura é feita pelo sistema imune. Sua grande vantagem é o fato de ser um método não invasivo, sem cortes, agulhas e nem anestesia.
Como é feita? 
A criolipólise é feita com a ajuda de um aparelho específico - Cool Shaping, cujos aplicadores acoplam-se perfeitamente às diferentes áreas do corpo.  O aparelho exerce um vácuo sobre a gordura e o tecido adiposo da região é resfriado até -10º C por 1 hora, o que causará o dano a essas células. Durante todo o procedimento o paciente tem a possibilidade de trabalhar em seu tablet, ler um livro ou jornal, sem sentir dor. 
A máquina utilizada no procedimento tem o registro da agência Anvisa? 
O equipamento utilizado pela DepilLASER é o Cool Shaping Modelo ESM-4700CS e as membranas anticongelantes são LMG. Equipamento e membranas possuem registro na ANVISA sob número 80520090005 - família de produtos Power Shaping e certificação do INMETRO nº TUV 12.1291. Estas informações estão disponíveis para consulta na base de dados da ANVISA. 
Como saber se o tratamento é seguro para não sofrer queimaduras?
O procedimento é seguro quando realizado por profissionais aptos para realizá-lo, equipamento com registro na ANVISA e uso de membranas originais e descartáveis. Muitas clínicas reutilizam as membranas em diferentes áreas ou pacientes. A membrana é de uso individual e único. Somente deve ser utilizada em uma região e descartada.  Na DepilLASER quem realiza o procedimento é a Fisioterapeuta Dermato Funcional Josinéia Coradini, Mestre em Biociências e Saúde e Membro da Associação Brasileira de Fisioterapia Dermato Funcional.  
Quais as áreas de aplicação? 
Abdômen inferior e superior, flancos (gordura da lateral das costas), interna de coxas, braços, prega glútea (bananinha), lateral das costas e culote.
E os cuidados após?
Após o procedimento não existem cuidados a serem tomados. O paciente sai do consultório e leva a vida normal, sem cuidados específicos. A prática de exercícios e alimentação equilibrada fazem parte do sucesso do procedimento, como qualquer tratamento estético. 
O processo é doloroso? 
Não. No momento que a manopla é acoplada à região, o paciente sente uma forte pressão, como se fosse um beliscão. Essa sensação é passageira, logo, o paciente não sente mais nada. No fim do procedimento é realizada uma massagem no local, que causa um pequeno desconforto, também passageiro. 
Quais são os resultados após uma sessão? 
Em uma única aplicação, se tem uma redução de 20 a 25% dos adipócitos (células de gordura) tratados. Em média 6 a 8 cm por sessão. 
Quanto tempo é uma sessão?
Se fizer 1 ou 2 regiões a sessão dura 1hora e 30 minutos geralmente, tendo junto além da aplicação um questionário de avaliação para a paciente responder.
Quantas sessões são necessárias? 
Normalmente uma sessão é muito satisfatória. Os resultados podem ser potencializados com outras técnicas. Caso o paciente queria reaplicar a técnica na mesma região, deve-se ter um intervalo de no mínimo 60 dias. Para outras regiões não tem intervalo de tempo. 
Em quanto tempo eu vejo o resultado? 
Os resultados começam a aparecer mais ou menos 20 dias depois do procedimento. O resultado final do procedimento pode ser notado em até 90 dias após a aplicação.
Quais são as contra indicações? 
Existem algumas contra indicações para a técnica, é preciso passar por uma avaliação detalhada antes, com profissionais qualificados. Pessoas com sensibilidade ao frio, com hérnias no local da aplicação, infecções na pele, gestantes, cirurgia recentemente.....
Hérnias (no local da aplicação); lesões inflamatórias e/ou infecciosas no local da aplicação; gestantes; Síndrome de Raynaud; Crioglobulinemia; Lúpus Eritematoso Sistêmico; Síndrome de Sjögren; Artrite Reumatóide; Hemoglobinúria Paroxística ao Frio; Alteração de sensibilidade; Câncer.........
Algum risco eminente? 
Se tomados todos os cuidados necessários (profissional habilitado, equipamento e membranas originais), não. 
Qual é o custo? 
Nós trabalhamos com o Cool Shpaing, equipamento que utiliza 2 manoplas ao mesmo tempo. Existem outros equipamentos de criolipólise no mercado que utilizam somente 1 manopla. O custo médio da sessão é de R$ 1000 a R$ 1500. É importante o paciente esclarecer quantas manoplas serão acopladas nele por este custo. Quanto mais manoplas, mais resultado.
Com que idade posso começar o tratamento? 
Não existe uma idade mínima para o procedimento. Mediante avaliação profissional deve-se ou não ser indicado.
A criolipólise substitui a cirurgia plástica? 
A criolipólise é indicada para gordura localizada. Dependendo da quantidade de gordura do paciente, os resultados podem ser comparados. 
Existe necessidade de manutenção?
Não. As células que forem eliminadas na sessão, não serão restabelecidas. O paciente pode optar por fazer mais uma sessão para diminuir mais medidas, mas não por manutenção. 

FOTO ARQUIVO PESSOAL



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/12/2017   |
01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |
03/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS