Terça-feira, 18 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1562
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

11/09/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
UM GRANDE REFORÇO: O Ministério da Saúde autorizou a liberação de recursos para a construção de um hospital público regional em Palmeira das Missões. Em meio a crise, um alento para a população. O hospital da rede SUS será especializado em procedimentos de média e alta complexidade. Terá 224 leitos e cerca de 1200 funcionários. Atenderá 72 municípios das regiões Norte e Noroeste. Custará R$ 130 milhões. Troco perto dos bilhões da Lava Jato.
RESULTADO de uma incompetência histórica. O Rio Grande do Sul é o quarto estado brasileiro em arrecadação de tributos. Em contrapartida, é o mais endividado da federação. No mínimo, 5 antecessores de Sartori são culpados. Não deveriam concorrer mais, nem a síndico. É muita incompetência. O pior, se algum deles voltar a se candidatar é bem possível que se eleja. Cada povo tem o governo que merece.
ARRECADAÇÃO em alta. Projeção para 2016. Três de Maio com uma população de aproximadamente 26 mil habitantes está em 12º lugar na arrecadação de tributos. Horizontina, com cerca de 18 mil habitantes, está em 3º lugar. Proporcionalmente, Horizontina está a frente de municípios bem maiores como Panambi, Cruz Alta e Santo Ângelo.
O Cpers/Sindicato como a maior entidade de classe do Estado, se transformou na principal frente do funcionalismo na luta contra o governo estadual. Acostumado à luta rotineira de enfrentamento com sucessivos governos, tem knowhow. Quando vai à luta, dificilmente desiste. Mais uma vez, é a pedra no sapato do governo.
CÂMARA DE VEREADORES de Três de Maio prepara-se para descascar mais um pepino. Entrou em pauta na última semana, projeto que determina aumento na taxa de recolhimento de lixo do município. Totalmente defasados, o Executivo encaminha projeto para atualizar os valores. Agora, cá pra nós, o que está sendo cobrado é uma piada. Eu tenho até vergonha levar o meu lixo doméstico para ser recolhido, pagando cerca de 50 reais por ano.
CALIBRANDO - Sartori bem que poderia diminuir o número de secretarias. HÁ QUEM diga que o RS já pagou a dívida várias vezes. SEMANA da Pátria já não é mais aquela. MESMO desolados e tristes, sem receber salário integral, muitos policiais continuam na luta pela segurança da população. GAUCHADA mais faceira que ganso em taipa de açude. AV. ALBERTO Pasqualini ficando da hora. Deverá seguir os moldes da Uruguai sem travessia nos cruzamentos. ASFALTO se espraiando pelos bairros de Horizontina. SOJA dispara e chega a 75 reais a saca. FAZIA tempo que não caia uma lágrima dos meus olhos lendo jornal. Caíram várias. Culpa do Aylan. Mundo imundo! 
ÓTIMO FIM DE SEMANA curtindo a música galponeira dos Serranos, dando um play em "Criado em galpão". 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS