Sexta-feira, 22 de setembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1476
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Primavera será de chuvas e tempestades

25/09/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Influenciada pelo El Niño, estação terá chuva acima da média e tempestades
A primavera começou na quarta-feira, 23, às 5h20min. A estação será de chuvas mais intensas e temporais no Rio Grande do Sul.  
Conforme o meteorologista do Centro Estadual de Meteorologia (CEMETRS) da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), Flávio Varone, a tendência será de uma primavera chuvosa, principalmente em outubro e novembro, em razão da ocorrência do fenômeno El Niño. "A estação que já é, normalmente, a mais chuvosa, tende a registrar volumes de precipitação mais altos, principalmente no Noroeste e na Metade Norte do Rio Grande do Sul", alertou.
Os meteorologistas são unânimes ao afirmar que até o momento, o El Niño de 2015 está sendo considerado o mais forte já observado desde o evento de 1997/1998, que foi o mais intenso registrado até agora.  A previsão também indica o aumento da ocorrência de raios e de "complexos convectivos", sistemas que provocam grande quantidade de chuva em períodos relativamente curtos.

Temperaturas mais elevadas 
De acordo com os meteorologistas do Centro de Pesquisas Meteorológicas da Universidade Federal de Pelotas, com aumento da precipitação, as temperaturas também serão afetadas nos seus padrões climatológicos. 
Para outubro a temperatura deve ser de normal a acima da média. Já em novembro, deve ficar dentro no normal e para dezembro, ligeiramente acima da média. 
O boletim do Centro de Pesquisas indica que no Rio Grande do Sul, a primavera tem como característica climatológica elevadas amplitudes térmicas (diferença entre a temperatura máxima e a temperatura mínima registradas num determinado período de tempo). Entretanto, considerando a ocorrência do El Niño, o qual provoca aumento nas precipitações e consequentemente na nebulosidade, espera-se diminuição nas amplitudes térmicas neste trimestre.

Setembro chuvoso
Mesmo em anos sem a influência do fenômeno El Niño, o mês de setembro é caracterizado pelo aumento no volume de chuvas no Estado. E em Três de Maio não é diferente. De setembro de 2000 até 22 de setembro de 2015, a média de chuvas para o mês ficou em 197 milímetros. Os anos com maior precipitação em setembro foram 2001, com 277mm; 2002, com 275mm; 2009, com 255mm e em 2014, com 543mm. Este ano, até o dia 22, foram 157 milímetros de chuva, conforme medições da Comercial Agrícola Manjabosco.

FOTO: EDERSON RAMBO



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

11/08/2017   |
21/07/2017   |
09/06/2017   |
13/06/2016   |
29/04/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS