Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Gírias e expressões

02/10/2015 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
E aí, beleza? Tá ligado? 
Com certeza você conhece essas expressões. 
Elas fazem parte do nosso dia a dia, e são usadas com frequência na oralidade. 
Diante disso, preparamos uma seleção com algumas das gírias mais conhecidas, de diferentes regiões: 

GERAIS
Gente fina: Pessoa agradável, de fácil convivência.
Putz ou Putz grilo: Interjeição que indica surpresa, espanto diante de alguma coisa.
Mano: O mesmo que irmão, amigo, camarada, colega.
Mina: Garota, menina, amiga.
Tá embaçado: Indica que a situação está complicada.
O mar não está pra peixe: A coisa não está boa.
Sacaram: Compreenderam, entenderam?
A fila anda: Termo muito usado após o término de um relacionamento. Significa dar continuidade a sua vida.
E aee rapá: O mesmo que Oi, tudo bem?
Pagando pau: Interessado em alguém.
Busão: O mesmo que ônibus no coloquial.
Trampo: Local de trabalho.
Colar lá: O mesmo que aparecer em determinado local.
Dar área: Ir embora.
Vaza daqui: O mesmo que saia daqui.

RIO DE JANEIRO
Caô: Mentira
Vacilo e vacilagem: O mesmo que engano ou equivoco.
Tomei um beiço: Levar um golpe.
Brou, brother: O mesmo que amigo ou companheiro.
Noitada ou night: Sair para se divertir, curtir a noite.
Pistoleira: Pessoa de má índole, geralmente interessada apenas no dinheiro do parceiro.
Ih, ó o cara: Interjeição que indica "olha só, viu o que ele está fazendo"?
Dar um relax: Tentar descansar, relaxar.
Filé: Garota ou mulher bonita.
Ficou pequeno pra ele: Ser mal falado.
No maior gás: Agir de forma veloz.
Larica: Sentir fome.

MINAS GERAIS
Currutela: Pessoas de baixa renda.
Bololô: Confusão, agitação.
Barango: Pessoa fora de moda.
Franga: Pessoa que se recusa a dançar ou namorar.
Patola: O mesmo que preguiçoso.
Laquera: Agitação infantil.

PARANÁ
Bochuda: grávida
Baita: Muito grande
Ciar: Ter ciúmes de alguém.
Guela: o mesmo que garganta.
Volteado: Passeio rápido.
Basculhar: Procurar

MARANHÃO
Caçar barulho: Procurar confusão.
Ser o bicho cacau: Ser melhor que todos.
Bater o cachimbo: o mesmo que morrer.
Dar o doce: Casar, contrair matrimônio.
Só querer ser 31 de fevereiro: Aparentar o que não é.

RIO GRANDE DO SUL
Lambão: Pessoa suja, com pouca ou sem nenhuma higiene.
Guri e Guria: Menino e menina.
Espichar a canela: O mesmo que bater as botas, morrer.
Juntar os trapos: Casar
Maleva: Malfeitor, pessoa má.
Charlar: Prosear, conversar.
Pelego: Pele de ovelha.
Tererê: Chimarrão com água fria.
Xerenga: Faca antiga, que não funciona bem.
Naco: Fatia, pedaço, porção.
Entrevero: Confusão, desordem.
Campear: Procurar pelo campo.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

08/12/2017   |
01/12/2017   |
24/11/2017   |
17/11/2017   |
10/11/2017   |
03/11/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS