Sexta-feira, 28 de abril de 2017
Ano XXIX - Edição 1454
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

195 senhoras evangélicas unidas pelo voluntariado

02/10/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
OASE Três de Maio completa 82 anos de atividades
Grupo realiza trabalho 
voltado para as 
pessoas adoentadas 
e enlutadas
A OASE de Três de Maio iniciou seus trabalhos em agosto de 1933.
Este ano completa 82 anos de atividades. Atualmente o grupo é composto por 195 integrantes.
O grupo realiza reuniões semanais, todas as quartas-feiras, que contam sempre com a presença de aproximadamente 70 membros. Acontecem também núcleos em residências de membros adoentados ou idosos. São reuniões com reflexões bíblicas, cantos, diálogos e orações. Semanalmente ocorrem visitas aos doentes no hospital e oportunamente a adoentados em residências, e também são feitas visitas a pessoas enlutadas.
Segundo a atual presidente Lori Lauer Cecatto, depois que entrou para a OASE se tornou outra pessoa. "Depois que me aposentei me senti uma pessoa inútil. Eu queria dar de mim alguma coisa para os outros, daquele tempo livre que eu tinha. Primeiro entrei para a diretoria da Igreja Evangélica São Paulo como tesoureira e depois presidente, e sempre fazendo parte da OASE". 
Conforme a presidente, o sucesso do trabalho também se deve ao apoio e desempenho do grupo que realiza um trabalho excepcional, e também ao trabalho realizado pelos três pastores da igreja.

Ordem Auxiliadora 
de Senhoras 
Evangélicas - OASE. 
Lema: 
Comunhão, 
Testemunho 
e Serviço

40 anos de OASE
Leonora Goelzel é integrante há 40 anos. Já foi presidente e duas vezes vice. Segundo Leonora, é muito gratificante fazer esse trabalho todo. "É para mim um grupo acolhedor, que fortalece a pessoa. Outro fator interessante é a liberdade de expressar os sentimentos, nosso trabalho é ouvir e ajudar uma a outra", disse. Ela ressalta que ultimamente tem feito bastante visitas no hospital. "Muitos doentes falam para nós sobre seus problemas. Eles se abrem mais com a gente do que com a própria família. É muito gratificante ver no olhar da pessoa o sentimento de felicidade de ter recebido a nossa visita. Nosso trabalho é dar uma palavra de conforto e ânimo", conclui.

Encontros de fé e harmonia 
Flavia Lucia Hamerski faz parte do grupo desde 2010. Segundo Flavia, o grupo da OASE foi uma ponte que a ligo a sua igreja. "Eu não era uma frequentadora assídua da igreja. Com o tempo eu comecei entender o significado de algumas palavras da Bíblia. A felicidade, alegria e realização estão dentro da gente. A fé eu entendia como distante sem muito sentido, eu descobri na OASE que a fé é uma plenitude que a gente sente. Uma coisa que foi muito importante para mim foi essa proximidade, que abriu um caminho pra eu entender de religião e me sentir uma pessoa de fé. O meu acreditar em Deus agora é diferente. Se eu não tivesse na OASE minha vida não teria adquirido o sentido que ela tem hoje", relata.
A presidente da OASE Sinodal - Associação dos grupos da Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas do Sínodo Noroeste Riograndense, Nélvi Werkhäuser Herpich, lembra que começou a participar da OASE logo depois que se aposentou. "Não recebi convite, pois para participar não precisa ser convidada. Lembro que fui muito bem recebida pelo grupo e pela diretoria da OASE. Comecei então a frequentar regularmente as reuniões e atividades do grupo, por ser um ambiente acolhedor, fraterno e pelo estudo da palavra de Deus (estudos bíblicos) orientados pelos pastores, os momentos de louvor, de oração e a prática da diaconia",lembra. 
Nélvi já foi presidente do grupo e coordenadora por quatro anos. Hoje ainda faz parte da diretoria como segunda vice-secretária.


Grupo realiza passeios de confraternização

Coral da Oase

A OASE valoriza o dom de cada integrante do grupo e organiza atividades como:
Chá DOM: são expostos e vendidos os trabalhos confeccionados por cada integrante. Nesse dia é confraternizado e comemorado o mês de aniversário da OASE, com a presença da OASE da região. Com o lucro das vendas, uma parcela é revertida a uma entidade beneficente, e o restante é investido nas necessidades da comunidade São Paulo. 
CORAL OASE: é outra atividade desenvolvida pelas senhoras evangélicas.
OASE convida: Estamos de braços abertos para receber e acolher novos integrantes. Sintam-se chamados e capacitados por cristo, pois aqui você tem lugar para contribuir com seus dons junto à comunidade.
É um setor de trabalho da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, IECLB. É uma oferta de auxílio mútuo para a participação ativa de mulheres na vida da comunidade. Esta participação se expressa nos três aspectos da vida cristã. Além disso, a  OASE, em parceria com o Senar oferece diversos  cursos.
A OASE sensibiliza-se com as necessidades cotidianas que a cerca, e se põe a serviço compartilhando o amor ao próximo. Servir é testemunho, é entrega, esperança, fé, arregaçar as mangas, semear o amor nos liberta e impulsiona o amor cristão.
Foi instituído o dia da OASE três-maiense o último domingo de setembro, junto com o calendário municipal.

Senhoras da Oase receberam homenagem na Câmara de  Vereadores

FOTOS: ARQUIVO PESSOAL / JULIANO ALMEIDA




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/04/2017   |
31/03/2017   |
03/03/2017   |
17/02/2017   |
17/02/2017   |
10/02/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS