Terça-feira, 17 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Alerta para epidemia de dengue

09/10/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar

Faltando quase dois meses para o início do verão, Três de Maio já registra um caso suspeito de dengue. Inverno sem frio rigoroso, excesso de chuva e sol, além da falta de cuidados da população, a preocupação com a proliferação do mosquito, e consequente casos de dengue no município, são uma realidade. Secretaria da Saúde alerta para o risco de uma epidemia se a população não colaborar para eliminar os focos

Três de Maio corre risco de 
epidemia de dengue

Temperaturas amenas, chuva e sol, preocupação com a proliferação do mosquito é uma 
realidade. Secretaria aguarda resultado de uma notificação de suspeita de dengue 

   O verão está chegando e com perspectivas de altas temperaturas. Com isso aumentam os riscos para a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Neste caso, é importante a conscientização e mais ainda a ação da população para evitar que o município tenha um surto de dengue.
De janeiro a agosto deste ano, o Brasil registrou 693 mortes em decorrência da dengue, número 70% maior que o do mesmo período do ano passado. Os dados do boletim mais recente do Ministério da Saúde revelam que foram registrados mais de 1,4 milhão de casos da doença em todo o país nesse período, enquanto, de janeiro a agosto de 2014, foram 508.219.
   O inverno sem frio rigoroso e com constante chuva, preocupa os agentes de endemias do município de Três de Maio, em relação à proliferação do mosquito transmissor da dengue.
   Conforme a agente de endemias de Três de Maio, Elizandra de Fátima Ubinski, as pessoas precisam ter a conscientização que a dengue mata, e a única maneira de evitar o contágio é combatendo os focos. "Com esse inverno que passamos, onde não tivemos temperaturas rigorosas ficamos ainda mais preocupados, devido às temperaturas amenas e com chuva ficou mais favorável à proliferação do mosquito. E com a chegada do verão daqui alguns meses é muito grande a nossa preocupação com a dengue. Esperamos que a população faça sua parte", ressalta.
  Elizandra lembra que são feitas visitas a cada 15 dias em pontos estratégicos como borracharias, ferros-velho e  cemitério. Porém, cada morador também deve ter cuidado para não deixar água acumulada, dando assim, condições para a proliferação do mosquito.
   No ano de 2014 foram três casos confirmados. Nesse ano até o momento dois. O primeiro em maio, de um caso importado, e o segundo em junho, esse de autóctone. No dia 1º de outubro houve uma nova  notificação de suspeita de caso de dengue. Amostra de sangue foi encaminhada para o laboratório Lacen de Porto Alegre. O resultado deve ser divulgado nos próximos dias.




FOTO: http://gvnews.com.br



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

04/08/2017   |
02/06/2017   |
19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |
24/03/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS