Sábado, 24 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Psicologia na Prática

30/10/2015 - Por Arlete Salante
Tweet Compartilhar
"O sucesso é construído de 99% de fracasso"
Soichiro Honda

No projeto existencial que a vida inscreve em cada indivíduo, já está implícita a necessidade de autorrealização. Assim, crescer, desenvolver habilidades e progredir são caminhos naturais do ser humano.  Mas, na vida pessoal e profissional nem sempre  a intencionalidade está alinhada aos propósitos do projeto de cada um. A vida sem metas ou sonhos a realizar fazem parecer às dificuldades maiores do que são. Então, antes de tudo é preciso exatidão no que se quer, aonde se quer chegar e o que é preciso fazer para isso.
A jovem empreendedora - a Menina do Vale - Bel Pesce, em suas palestras e livros chama atenção para diversos aspectos que fazem a pessoa ter sucesso. Mas, ela chama a atenção também para o hábito das pessoas de simplificar o processo dos outros para o sucesso. Aos olhos dos outros todos os "perrengues" enfrentados até atingir o resultado, não são de conhecimento público, o que faz parecer que foi sorte. Bel cita como exemplo o adolescente que vendeu um aplicativo por 50 milhões, mas antes desenvolveu outros trinta aplicativos que não deram certo. Ou seja, não foi sorte, foi um trabalho persistente que resultou em algo de valor.
Na história de cada empreendedor, individual ou empresarial - entenda empreendedor aquela pessoa que resolve tornar seu sonho realidade - há uma série de erros até chegar aos acertos. Outro exemplo é esta coluna - Psicologia na Prática traz a obrigação de semanalmente publicar um artigo. Logo, existe a obrigação de escrever. Os leitores recebem o artigo pronto, mas que antes, foi elaborado, refeito ou revisado duas, três, quatro ou cinco vezes. Para desenvolver a escrita também é preciso foco, manter o foco no desenvolvimento de uma habilidade dá trabalho, requer disciplina e compromisso.
Uma habilidade bem desenvolvida, com o tempo e a prática, torna-se competência. A qualidade do que fazemos melhora na medida em que praticamos, assim, sempre há um processo anterior de desenvolvimento. É com foco e persistência que lapidamos uma habilidade.
As pessoas não nascem prontas ou alcançam seus objetivos por sorte.  Achar que o trabalho do outro é moleza, ou a vida do outro fácil, ou o sucesso do outro é gratuito pode justificar uma acomodação, é uma desculpa para não se empenhar no que deseja e sair da zona de conforto.
Valorizar os erros e não se paralisar por eles diferencia as pessoas no sucesso, pela compreensão que existe um preço a pagar para obter melhores resultados. Além disso, existe a capacidade própria que não pode ser comparada aos outros, cada um é único e tem um tempo para o seu amadurecimento, assim como uma carreira, uma empresa ou um projeto. 
Crie seus propósitos de vida alinhados com os seus valores, dedique-se a eles e faça acontecer a sua vida. As pessoas que tem projetos de vida perdem menos tempo com notícias ruins, vivem menos a vida dos outros, percebem os problemas e buscam contribuir para resultados e não ficam na crítica negativa.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/04/2016   |
08/04/2016   |
01/04/2016   |
24/03/2016   |
18/03/2016   |
11/03/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS