Quarta-feira, 26 de abril de 2017
Ano XXIX - Edição 1454
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Impugnações de candidatas ao Conselho Tutelar são remetidas ao Ministério Público

13/11/2015 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Devido a supostas irregularidades, algumas candidaturas serão investigadas 
e resultado final, poderá sofrer alteração 
Supostas irregularidades ocorridas no dia das eleições do Conselho Tutelar de Três de Maio, no dia 4 de outubro, estão sendo investigadas pelo Ministério Público da Comarca local. Entre elas, estão a compra de votos e o transporte de eleitores.
Na região, em percentual, o município de Três de Maio foi o que registrou o menor número de votantes: 2640, sendo que o eleitorado é composto por 20.034 eleitores, ou seja, apenas 13,17% de participação.
Após a contagem dos votos, foi divulgado o resultado preliminar das eleições, com as candidatas mais votadas e as suplentes. Conforme consta no edital 01/2015, após os prazos de impugnações ao resultado da eleição, a proclamação do resultado final ocorreu em 9 de novembro. 
Conforme a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Nadir Gabe, houve algumas impugnações de candidaturas  que foram enviadas ao Ministério Público. 
Curso de capacitação
Segundo Nadir, no dia 11, iniciou junto a Brigada Militar de Três de Maio, o Curso de Capacitação Técnica para o exercício da função de conselheiro tutelar, conforme previsto no edital nº 01/2015. O curso é destinado para todas as candidatas titulares e suplentes, sob pena de quem não realizar a capacitação não poderá assumir o cargo.
A presidente do Conselho ressalta que a posse das novas conselheiras será no dia 10 de janeiro de 2016.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

07/04/2017   |
07/04/2017   |
07/04/2017   |
24/03/2017   |
17/03/2017   |
10/03/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS