Quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
Ano XXX - Edição 1539
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

04/12/2015 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
EMPLACAMOS o último mês do ano. Um ano que não vai deixar muita saudade. Começamos mal e terminamos ainda pior. Para muita gente, foi  um dos piores anos da história do país. Corrupção, ladroagem, a volta da inflação e taxas de juro nas alturas pautaram 2015.

PIOR DO QUE ter vivido um dos piores anos da história, são as perspectivas para o ano novo. Nem o mais otimista dos brasileiros pinta um quadro favorável para o ano que vem. Pelo contrário, o que está ruim, dizem, tem tudo para piorar. 

QUE A ONDA DE cidadania que se espalha pelo Estado, pedindo redução de salários e diárias no Legislativo se espraie para outras situações. Como, por exemplo, a participação em audiências públicas. Nesses eventos, o cidadão tem vez e voz, mas a participação é insignificante. 

APREENSÃO DE drogas aumentou significativamente na região. Não passa semana sem a polícia desbaratar uma quadrilha de traficantes. Drogas pesadas, como cocaína e crack, estão no cardápio. Mas droga lícita, quase tão nociva quanto as demais, também está. Praticamente toda a semana são apreendidos milhares de maços de cigarro.

A MAIORIA dos municípios investe em feiras para atrair negócios. O objetivo desses eventos é mostrar  o potencial de cada um, comercializar produtos e encaminhar negócios. A impressão é  que o público participante das feiras vem diminuindo. A realização de tantas feiras está transformando esses  eventos em rotina. As atrações são praticamente as mesmas. Então, quem vai em uma, vai em todas. 
 
JARDEL talvez tenha sido o maior cabeceador da história do Grêmio. A maioria dos seus gols foram feitos de cabeça. Quer dizer que ele era excelente de cabeça. Mas talvez, de tanto fazer gols de cabeça, de alguma forma, o seu cérebro foi  atingido. Se não, como explicar tantas burradas feitas após deixar o futebol?

MESMO com a crise econômica e o país em recessão, a maioria das prefeituras  está conseguindo cumprir seus compromissos com folha de pagamento e fornecedores. Em outros anos, a essa altura do campeonato, a choradeira parecia maior. Ou os gestores enxugaram os gastos  de todas as formas, ou o planejamento funcionou direitinho neste ano. Seja qual for a razão, merece aplauso.

CALIBRANDO - Rádio Colonial larga na frente e anuncia para o ano que vem a migração para o canal FM. SÃO MIGUEL DAS MISSÕES sedia na semana que vem, etapa do Miss Mundo 2015. DECORAÇÃO natalina da residência do professor  Luiz José Lena é atração. Vale a pena conferir. UM DOS BANQUEIROS mais ricos do Brasil na cadeia. Me belisca eu tô sonhando. INCOMUM, ainda sem explicar os motivos, prefeito de Boa Vista do Buricá anuncia que vai  deixar o cargo. PRESIDENTE da República e presidente do Congresso em processo de cassação. Que país é esse?

BOM FIM DE SEMANA, curtindo baladas românticas do Grupo ABBA.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS