Sábado, 23 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

18/12/2015 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  MORAL EM CONCORDATA - Seria exatamente isso? Ao que parece. A liberalidade cresce e cresce. A televisão e os jornais estão cheios de artistas procurando enaltecer a liberdade sexual. Também o fazem os entendidos e pseudoentendidos em sexualidade. Por isso e não por outras razões, o dia a dia das pessoas, principalmente, dos envolvidos em atividades sexuais fica mais complicado. Acontecem, como se pode observar nos noticiários, brigas, espancamentos e, pior do que isto, mortes e os abomináveis crimes de pedofilia. É o resultado de questões mal resolvidas, que têm como fundamento a má administração sentimental das pessoas. É preciso admitir que ética, moral e respeito precisam existir. Se se abre a cancela, o campo esvazia, porque o gado todo vai para a rua. Se se libera a moralidade, tudo despenca. A vida se torna insustentável. Por isso, a importância de famílias bem constituídas, onde os princípios da moralidade recebem atenção e são postos em prática. Por isso, a importância da religiosidade, que cobra comportamento moral dos fieis. Há que voltar atrás, para buscar a moral que não está em concordata.
PRESSA PARA FATURAR - Ainda há soja para ser plantada nesta safra de 2015/2016, e quase metade da safra futura já está vendida. É muita pressa para faturar. Talvez, é para aproveitar o preço, ou seria para correr na frente da crise? Provavelmente, os produtores querem aproveitar o bom momento do câmbio. Mas e se a cotação melhorar, durante e depois da safra? Azar.
POPULISMO FENECE  - Está minguando, sim, o populismo na América Latina. Agora, foi a vez da Venezuela perder a hegemonia chavista, que já durava 16 anos. No domingo, a oposição ganhou o pleito no parlamento, conquistando o controle da Casa. Já despencaram os governos populistas do Paraguai, da Argentina e, agora, a Venezuela está dando sinais de volta à normalidade democrática.
CONHECE A LEI DE GÉRSON? LEVAR VANTAGEM EM TUDO. Muitos a adotam.
CARTA INFELIZ  - "Finalmente, sei que a senhora não tem confiança em mim e no  PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento, mas esta é a minha convicção". Este é o trecho de uma carta que o vice-presidente, Michel Temer, endereçou para a presidente Dilma. O partido considerou a carta de "infeliz". Mas o vice garantiu que acertou os ponteiros.
PENSÃO VITALÍCIA - Para governadores foi extinta. A Assembleia Legislativa aprovou Lei que acaba com este privilégio. O último governador a receber a pensão durante quatro anos depois do mandato, é o atual. Os governadores já beneficiados com a pensão vitalícia, vão continuar usufruindo. A pensão vitalícia foi criada no tempo das vacas gordas. É possível poupar, sim.
NADA CAI DO CÉU  - A não ser chuva, raio e granizo. É o caso do Laboratório de Análise e Certificação da Qualidade do Leite,  conquistado pela administração municipal. O quarto do Estado. Investimento superior a R$ 2,5 milhões. Uma busca incansável junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/MAPA.  É a era do leite em toda região.
QUANDO NASCE UM MENINO NA MANJEDOURA DE BELÉM É NATAL. É QUANDO DESEJAMOS PAZ, HARMONIA E MISERICÓRDIA. VOTOS DE DIAS MELHORES.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS