Segunda-feira, 22 de julho de 2019
Ano XXXI - Edição 1567
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

07/03/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - O ESPELHO - Grande descoberta a do espelho. Quem, quando, onde e como não importa. O que importa é que o espelho mostra. Não existe quem não tenha ao menos um espelhinho. Portanto, objeto de primeira necessidade. As pessoas gostam de mirar-se nele. Veem a sua fisionomia. Serve para ajeitar o cabelo, arrumar a maquiagem e não muito mais do que isso. Mas o espelho tem sua importância, porque mostra seu jeito de ser. A tristeza interior pode ser vista pelo brilho dos olhos. A alegria que brota do interior também pode ser vista no espelho. Por isso, é bom carregar no bolso ou na bolsa o inseparável espelho. Menos mal que o espelho é barato e todos podem ter o seu. Claro que o espelho não faz milagres. Não mostra tudo e nem poderia. Não mostra suas ideias e suas intenções. Nem traça planos. Por ser objeto frágil e quebradiço não há espelhos espalhados nas ruas e logradouros públicos. Muitos dizem que os olhos são o espelho da alma. Se for verdade, olhando nos olhos de alguém, se poderá conhecer o seu interior. Façam a experiência. 

DECANO - Quando se fala a palavra decano, as pessoas perguntam: mas o que é isso? Quer dizer, simplesmente, o mais antigo da turma. 

INÍCIO DO ANO LETIVO - E que início! Falta de professores, prédios depredados e equipamentos sucateados. Num ano em que o ensino público está sendo bastante procurado, com evasão de muitos alunos do ensino particular. Motivo: falta de receita. O pior de tudo é a ameaça de greve. A nossa presidente foi dar uma força no Chile. 

REVESES - São vários os recentes reveses na América do Sul, começando pela vitória de Maurício Macri nas eleições presidenciais na Argentina, passando pela vitória aplastante da oposição nas eleições parlamentares da Venezuela e, agora, a derrota no plebiscito de Evo Morales, na Bolívia,não aceitando o eleitorado um quinto mandato. A América Latina cansou do esquerdismo.

DÍVIDA GAÚCHA - Continua a batalha do Piratini para adequar a dívida com a União, que é alta, mas injusta. Segundo a Secretaria da Fazenda, o Rio Grande do Sul fez um empréstimo de R$ 8 bilhões lá atrás. Já pagou R$ 24 bilhões e ainda deve cerca de R$ 50 bilhões. Pode uma coisa dessas? Todos os meses vai uma fatia da nossa receita para os cofres da União. A progressão se deve ao modelo de correção adotado e aceito pelos governantes da época.. 

CONTINGENCIAMENTO - Quer dizer simplesmente corte. Contingenciamento de recursos: corte de recursos. O governo usa este eufemismo(figura de estilo), para que nem todos entendam o que está acontecendo. Há cortes de todo jeito. Por isso, contingenciamento. 

NA CRISE AS PESSOAS APRENDEM A ECONOMIZAR. Nunca se pode gastar mais do que se ganha. De preferência, deve sobrar para as horas difíceis. 

TROCA-TROCA - Mais um troca-troca no Ministério da Dilma. O PT quer calar a Polícia Federal no Lava-Jato. Lula chamou o ministro da Justiça de "frouxo" e foi trocado.. Mais um rolo.
"NÃO HAVENDO JUSTIÇA, O QUE SÃO OS GOVERNOS SENÃO UM BANDO DE LADRÕES?" - A frase é antiga, é de Santo Agostinho(354-431). 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/07/2019   |
12/07/2019   |
05/07/2019   |
28/06/2019   |
21/06/2019   |
07/06/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS