Sexta-feira, 22 de novembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1584
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

'O importante é estar sempre competindo em alto nível', diz Anderson Schakofski

24/03/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
A vaga na seleção brasileira adulta de taekwondo não veio, mas Anderson Schakofski, 17 anos, diz sair fortalecido e mais preparado da maior seletiva do País no esporte, na qual competiu na categoria até 74kg. O Grand Slam da modalidade, realizado pela Confederação Brasileira de Taekwondo, ocorreu entre sábado, 19, e segunda-feira, em Vitória, capital do Espírito Santo, e formou as seleções das categorias adulta, juvenil e cadete para 2016.
"Já sabia que seria uma seletiva muito difícil, que não iria ter nenhuma luta fácil. É claro que seria interessante estar na seleção, mas levo comigo a experiência adquirida. Não há nenhuma seletiva maior no País, então, estar lá já é um grande feito. O importante é estar sempre competindo em alto nível. Agora, é melhorar em alguns aspectos e ganhar mais experiência para, no momento certo, conseguir a vaga", declara ao Semanal o atleta três-maiense, que treina desde os 7 anos na Academia Vilmar de Taekwondo, do mestre Vilmar Schröer, em Três de Maio.

Derrota na primeira luta
Em meio a outros nove competidores até 74kg, que buscavam três vagas - uma de titular e duas de suplentes - na categoria, Anderson foi derrotado na primeira luta, contra o cearense Vitor Hugo, que em 2015 integrou a seleção juvenil e foi medalha de bronze no Pan-Americano Júnior de Taekwondo, disputado no México, e prata no Sul-Americano, realizado no Peru. Com a derrota, Anderson foi eliminado da disputa por uma vaga - seu adversário viria a cair nas quartas de final.
"No taekwondo, quem tem mais altura sempre acaba levando uma vantagem, e enfrentei um atleta bem experiente e mais alto, o que me complicou bastante durante a luta", analisa ele, que no ano passado integrou a seleção brasileira juvenil, categoria em cujo ranking terminou 2015 em 3º, o que o classificou à seletiva.
Para em 2017 estar novamente na seletiva, o atleta tentará repetir, neste ano, o feito de estar entre os três primeiros de um ranking nacional. Porém, não no juvenil, cujo limite de idade ele diz já ter estourado, mas disputando as competições nacionais sub-21 - categoria que não há na seleção, mas que existe em competições e classifica à seletiva - e na categoria adulta. "Os dois rankings dão vagas à seletiva. Vou lutar o ano inteiro e buscar ir bem em todos os campeonatos para me classificar entre os três e disputar uma vaga na seleção adulta em 2017", destaca o jovem.
Os nomes dos três classificados para integrar a seleção adulta até 74kg em 2016, assim como de todas as outras categorias, podem ser conhecidos no site da Confederação Brasileira de Taekwondo (www.cbtkd.org.br). Ontem à tarde, o site estava em manutenção, motivo pelo qual o Jornal Semanal não publica nesta matéria os nomes dos classificados na categoria de Anderson.



Curtiu essa matéria?
Tem muito mais na versão impressa.
Leia e Assine Jornal Semanal
(55) 3535-1033



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

01/11/2019   |
04/10/2019   |
07/06/2019   |
24/05/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS