Quarta-feira, 26 de junho de 2019
Ano XXXI - Edição 1563
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Click Social

24/03/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
"Estimados leitores e amigos!  
Desejo a todos, uma feliz e abençoada Páscoa, que ela seja repleta de fé, 
esperança, alegria, perdão e amor!" 


Carla, Márcia T, Márcia L, Mônica, Marta, Estela, Sônia, Vera, Beti, Mylene, Stela, 
Maritê, Solange e Rosângela, amigas desde a infância, sempre com bom motivo para brindar a vida, 
e, principalmente, a amizade. 
Este encontro aconteceu no último dia 10, e culminou com um passeio a Posadas nos dias 11 e 12.



Ana Julia Massafra, simplesmente linda, em seu ensaio para o álbum dos 15 anos. 
 Arrasou! 



Mônica de Castilhos, Endocrinologista / Medicina Interna - CRM RS 29575, 
Clinica São Vicente - 3535-1950

O que é tireoide: É uma glândula localizada na parte anterior do pescoço, tem forma bem parecida com a de uma borboleta, produz os hormônios T3 (triiodotironina) e o T4 (tiroxina) , que são importantes para o funcionamento adequado de diversos órgãos como  coração, cérebro, fígado, rins.
Diferença entre:
Hipotireoidismo: Doença que ocorre quando a glândula produz hormônios em quantidade insuficiente. 
Sintomas: pode ocorrer cansaço, dores musculares e articulares, sono excessivo, queda  de cabelo, unhas quebradiças, pele seca, comprometimento do crescimento, aumento de peso, inchaço, aumento do colesterol, sintomas de depressão, alteração de memória, irregularidade menstrual e infertilidade. 
Hipotireoidismo congênito: Algumas crianças podem nascer com hipotireoidismo. Para detectá-lo, é realizado o chamado Teste do Pezinho.
Hipertireoidismo: Doença que ocorre quando a glândula produz hormônios em quantidade excessiva. 
Sintomas: pode ocorrer emagrecimento, palpitações, arritmia cardíaca, diarréia, nervosismo, agitação, insônia, cansaço, exoftalmia (olhos saltados).
Nódulos de tireóide: Estima-se que 60% da população brasileira tenha nódulos na tireoide em algum momento da vida, maior frequência em mulheres. Destes nódulos apenas 5% são malignos. 
Na presença de nódulos ou disfunções de tireóide, uma avaliação especializada com endocrinologista é importante para o adequado diagnóstico e tratamento.


A linda coelhinha Isabel Dutra,renovando o espírito de paz, 
e, trazendo a esperança de uma Páscoa cheia de amor! 



Laides  Ludwig, Mirian Goelzer, Marília Metzka, Marilei Herter, Margaret Stiegelmeier e Miriam Eickhoff, 
amigas de longa data, reunidas na Doces & Sabores, em dia de papo e brindes pela linda amizade!




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

21/06/2019   |
14/06/2019   |
07/06/2019   |
31/05/2019   |
24/05/2019   |
17/05/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS