Quinta-feira, 22 de agosto de 2019
Ano XXXI - Edição 1571
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Click Social

06/05/2016 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
"Para todas as mães, meu carinho 
e o desejo de um dia muito especial". 
Feliz Dia das Mães!" 


Maternidade

Nesta edição especial pelo Dia das Mães, 
uma entrevista com a psicóloga Alyne Regina Eichelberger Rech (foto acima). 
Ela vive um momento mágico. Grávida de sete meses, na espera de 
Gonçalo, 
ela faz um paralelo entre gestação, 
maternidade e o ponto de vista psicológico. 

Como está sendo a sua gestação? Algum cuidado especial com 
alimentação, exercícios?  
Muito tranquila, não estou tendo nenhum tipo de "cuidado especial". Não mudei basicamente em nada. Vida normal. Busco me policiar em certos aspectos. Como na gestação aumenta um pouco o apetite, a gula principalmente, não dá para seguir todas as vontades, ainda assim, não abro mão de comer aquilo que tenho vontade. Permaneço fazendo caminhadas, agora num ritmo um pouco mais lento, sinto-me cansada com maior facilidade. Antes era meio desprendida dos cremes corporais, hoje faço uso 2x ao dia.

Toda gravidez gera dúvidas, medos, anseios, principalmente na primeira gravidez. Como você está conduzindo isto? 
A ansiedade é grande e aumenta a cada dia, busco manter o controle. Fico refletindo como será minha vida daqui para a frente... será que serei uma boa mãe? 
Estudei tanto na graduação sobre família, parto, pós-parto, infância,  bate um sentimento maior de responsabilidade, vontade de não errar! O que é impossível. Tento não esperar demais, não me cobrar demais e antes da hora. Cada vez que me sinto muito ansiosa ou percebo que estou com muitas expectativas em relação a esse bebezinho que está vindo ou algo relacionado a ele, paro e penso. Com certeza é maravilhoso ter expectativas, desejos, sonhos, mas quando se trata de ser mãe, isso não é algo tão simples, não é meramente racional. O que a gente anseia ou acha certo nem sempre é o que acontece de fato. Tenho consciência que antes de qualquer coisa, sou principiante nessa experiência, ser humano antes de qualquer coisa!

Sob o ponto de vista psicológico, o que mudou?
Muita coisa. A partir do momento que a mulher certifica-se da gravidez, tudo o mais em sua vida será diferente.  No meu caso, o humor oscila bastante e frequentemente. Acho que as mudanças iniciam antes mesmo de nos tornarmos mães. Primeiro, vem a expectativa de saber se existe uma hora certa para ter filhos, se é muito cedo ou se você está esperando demais.  Muitos pais (aqui me incluo) se percebem mais vulneráveis emocionalmente e não encontram significado para suas questões mais profundas. Recorrem à infância, como se regredissem até ela em busca de respostas. Neste momento, o modo como cada um (futura mãe/pai) percebeu e vivenciou sua família de origem, será relevante. Assim, o modelo de pais que tiveram constituirá a base do que pretendem ser. Imitando ou rejeitando o modelo que tiveram na infância. 
As fantasias sobre o bebê e como este será também são motivo de muitos pensamentos. Há a necessidade de você "abrir mão" do seu papel de filha para assumir o papel de mãe. E isso implica em muitas coisas, perdas e ganhos, consecutivamente. Perder o aconchego do papel de filha implica numa experiência um pouco dolorosa, visto que é muito confortável. Da mesma forma, embora desafiadora, é maravilhoso imaginar que outro ser vai me amar da mesma maneira que amo minha mãe.  

Qual conselho você daria para uma gestante, assim como você, que está na expectativa do primeiro filho? 
Desfrute cada momento. Não crie elevadas expectativas.

Na sua opinião, qual é o maior desafio da maternidade? 
Penso que cada fase contemple um desafio diferente. Não devem ser fáceis os primeiros meses, o cansaço, a necessidade de "conhecer" o bebê, a instabilidade emocional. Em seguida, a introdução do alimento, o desfralde. Fases distintas e que também de formas diferentes nos trazem desafios. No entanto, creio que o maior deles é o educar. Tarefa constante. Criar um ser humano, com valores, com respeito ao próximo, com limites, eis o desafio. 

O que você espera para o futuro de Gonçalo? 
Difícil responder a essa pergunta. Aqui entram também os meus desejos, os meus sonhos e isso é um tanto egoísta, afinal a vida será dele, cabe a ele trilhar. Peço a Deus que ele tenha saúde, física e emocional, e que eu consiga passar bons princípios, valores. Criar um homem de bem para que possa seguir seu caminho construindo a sua felicidade.

Ser mãe é?
Amar sem medidas! Aprendizado! Reflexão! Repensar o passado! Temer o futuro!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Eduarda Lottermann, Vitoria Soares e Laura Lutz, 
lindas e encantadoras, elas são as misses Três de Maio. 
A coroação aconteceu no domingo, dia 1° de maio, na cidade de Horizontina.







 


Amado e paparicado por todos, Gabriel dos Santos Fischer completou, dia  4 de maio, o primeiro aninho. 
Recebeu o carinho dos pais Ricardo e Thais, dos avôs, das avós, dindos e dindas. Parabéns, gatinho!


Um registro especial para a coluna de 
Eleonora Radies e Eli Wust

O casal Régis e Ivania 
(Leia-se Régis Klein Cabeleireiros), participaram, recentemente, em São Paulo, 
da maior feira da América Latina sobre 
tendências do segmento de beleza.
Profissionais renomados ditaram moda nos quesitos: cortes de cabelo, coloração, mechas, tratamentos e alisamento.


Evento no Empório Tutui
Neste sábado, dia 7, das 13h às 18hs, no Empório Tutui, encontro de cervejeiros caseiros. 
Serão mais de 10 cervejeiros caseiros, 15 estilos de cerveja e muito papo. Ingressos limitados, no valor de R$ 40,00 
(o ingresso dá direito free a degustar todas as cervejas artesanais). 
Presença de cervejeiros de Três de Maio, Ijuí, 
Santo Augusto, Santa Rosa e Horizontina.

Classmann Joias e Óptica
O melhor presente para uma mãe é o carinho, o beijo e um abraço do filho(s), 
mas, se vier acompanhada de um presente da Classmann Joias e Ópticas, fica melhor ainda. 
A loja está com muitas sugestões de presente para agradar a mamãe: anéis, brincos, pingentes, pulseiras e colares.  
Simplesmente um luxo! 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/08/2019   |
08/08/2019   |
02/08/2019   |
02/08/2019   |
26/07/2019   |
22/07/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS