Quinta-feira, 19 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Muscle Gym: uma nova proposta em treinamento funcional

06/05/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
O método do treinamento funcional já existe há décadas, mas sabemos que em cidades menores demora um pouco para a ideia se concretizar. O treinamento aborda uma ideia diferente da academia que estamos acostumados a frequentar, ou seja, sem máquinas de musculação que guiam nosso movimento. Particularmente, sempre achei chato o aluno abrir a porta da academia, largar suas coisas no balcão e ir para a esteira/elíptico ou bike. Pra que isso? Não desmerecendo a eficiência desse método, mas convenhamos que uma caminhada ou corrida orientada fazem muito bem para a saúde e são funcionais também.
Apenas quis quebrar essa ideia e entender o que o aluno sente com monotonia. Isso espanta as pessoas e muitas vêm por obrigação ou sem vontade. Então, procurei escolher o que gosto de fazer e o que o público prefere, ou seja, chegar no treino e nunca saber o que vai fazer. Uma aula é diferente da outra.

Método da Muscle Gym
Mas então, o que a pessoa faria na academia sem equipamentos? Vai depender muito do objetivo do indivíduo: emagrecimento, hipertrofia... O foco está naquilo que dá resultado, que seja eficiente. Então, para vocês entenderem, apenas o aquecimento conta com exercícios que previnem lesões, correções posturais, ativação do tronco, glúteo e cintura escapular e sempre uma ativação neuromuscular, "uma parte aeróbia". Então utilizo um pilar de agilidade e velocidade, Xbox com Kinect, treino de Kickboxing, exercícios com elásticos, exercícios com comandos sonoros, visuais ou aditivos. Além do corpo, a mente deve ser treinada também. Em síntese, nosso aquecimento já é um treino e proporciona um corpo equilibrado e forte para aguentar o tranco do dia a dia estressante. O foco está em treinar e ao mesmo instante parecer que não está treinando, colocando tarefas/metas a cumprir. Acredite... a aula passa voando e é uma satisfação proporcionar qualidade de vida para as pessoas, "pegar pesado" e nunca duvidar do potencial do aluno.
O que os alunos mais procuram quando chegam na academia é melhorar sua estética. Fato! Não dá para negar que no fundo todos olham para aquela calça jeans guardada carinhosamente no roupeiro, esperando logo vestir bem. Mas também conto com pessoas que querem saúde, se livrar de dores indesejadas e, em especial, muitas querem hipertrofia. Não precisamos de máquinas para treinar nesse objetivo, a pessoa que irá treinar na Muscle Gym vai encontrar pesos livres (barras olímpicas, anilhas e dumbbles de boa qualidade). 
Educadora física Gabriela Griebler

Público: A academia está atendendo hoje pessoas dos 12 aos 83 anos. 
Não há idade para fazer exercício. Quando bem orientadas, crianças de 
6 anos também podem treinar. Cada pessoa tem sua individualidade


FOTOS: MURIAN CESCA







Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

29/09/2017   |
29/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |
01/09/2017   |
01/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS