Quarta-feira, 18 de julho de 2018
Ano XXX - Edição 1516
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A Coluna do J

13/06/2016 - Por J Moraes
Tweet Compartilhar
SOJA CEM POR CENTO -  Soja 100 sacos por hectare. O que era quase impossível agora é quase realidade. Soja a R$ 100 a saca de 60 quilos, o que era muito improvável, agora  é muito provável.  Como  a exportação do produto está em alta, mais uma vez a oleaginosa poderá ter um papel importante no reequilíbrio da economia. 

GUARDIÃ DA ORDEM: A Ordem dos Advogados do Brasil, subsecção de Três de Maio, inaugura sua sede na  próxima segunda-feira. A solenidade será prestigiada pelo  presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, e da Seccional  OAB/RS,  Ricardo Breier. A OAB  tem se constituído ao longo do tempo em uma das principais entidades em defesa  da democracia, da ética e da moral nesse país. É hoje uma das instituições junto com o Ministério Público  e a Polícia Federal de maior credibilidade e respeito junto a sociedade.

TÁ NA LEI - Em   ano de eleições, políticos tem que  ficar  com um pé atrás. Muitas coisas que são permitidas  em anos em que não há pleito são vetadas em anos eleitorais. Uma dessas proibições  são a chamadas subvenções sociais. Recursos públicos destinados a entidades esportivas, sociais, assistenciais e filantrópicas.

POUCO SOCIAIS - Com todo o respeito as demais, mas essas subvenções deveriam se limitar a entidades assistenciais e filantrópicas. As demais  só em casos muito  especiais. Em tempo de crise em que os prefeitos estão se virando nos trinta para pagar a folha e fornecedores, bancar recursos dezenas  de entidades esportivas, sociais e recreativas  é brincar com o dinheiro do contribuinte.

NO ATROPELO - Planejamento parece que passa longe  da Companhia Rio Grandense de Saneamento. Se não como explicar que toda vez que inicia uma obra de asfaltamento em determinada rua, a dita corre pra lá para renovar ou preparar a estrutura. Isso atrasa  o início da obra e causa uma série de transtornos  para a população. Em muitos casos,  depois da obra concluída, ainda  voltam a destruir o asfalto com novos buracos. Brincadeira.

CONTRA O  TEMPO - Prefeito Casali tem se virar nem é mais nos 30, é nos  20. Tem o prazo de 20 dias para   iniciar  uma série de obras de asfaltamento   e  recuperação do asfalto no centro da cidade, atrasadas pelas obras de  infraestrutura da Corsan. Depois  do dia 2 de julho,  por ser ano de eleição, a legislação não permite o início de obras. Pontapé inicial  nas obras de mobilidade do centro da cidade  deve ser dado  na próxima segunda-feira.

ESTILO CASALI - Por falar em Casali, o homem não se entrega. Enquanto muitos já desistiram, bem ao seu estilo, ele esteve esta semana em Brasília, na última tentativa de buscar recursos. Por ser este um ano eleitoral, a fonte que  já anda fraca, seca de vez a partir de julho. Então, ele foi dar uma cutucada em pleitos já encaminhados e buscar outros. Notícias que chegam dizem que a investida foi  proveitosa.

CALIBRANDO - FRIO de congelar o mocotó. MUNICÍPIOS deveriam aproveitar a crise e acabar com a festa das subvenções sociais. JUDICIÁRIO brasileiro é um dos mais caros do mundo, diz estudo. ZIKA VÍRUS, o inimigo  público número 1 . MORMO infernizando a vida da gauchada. GREVE  do magistério longe do fim. BASTIDORES  da política em efervescência. Nem sempre o acordado hoje vale amanhã. O fio de bigode perdeu  credibilidade.

ÓTIMO FIM  DE SEMANA  lagarteando, chupando uma bergamota, ou ao pé da lareira tomando um  bom vinho, saboreando  uma pizza , curtindo  Fausto Papetti  e Ray Coniff. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

23/12/2016   |
16/12/2016   |
12/12/2016   |
02/12/2016   |
25/11/2016   |
18/11/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS