Domingo, 19 de novembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1484
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Cereser e Machado são os nomes da situação

05/08/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Definição ocorreu na quarta, após convenções na Câmara de Vereadores
Luiz Fernando Cereser (PP) e Mario Machado (PMDB) formam a 2ª chapa da majoritária em Três de Maio

Foi definida, após convenções partidárias na noite de quarta-feira, 3, na Câmara de Vereadores, a segunda chapa que concorrerá ao Executivo de Três de Maio.
Após oito anos de administração de Olívio José Casali, que, desta forma, não pode mais concorrer ao mesmo cargo nestas eleições, o industrial e ex-vereador Luiz Fernando Cereser, o Nego Cereser, é o pré-candidato do PP à prefeitura, tendo ao seu lado, como vice, o empresário Mario Pires Machado (PMDB).
Cereser foi vereador nas legislaturas 1976/1982 e 2009/2012, além de candidato a prefeito em 1982. Mario, que também já se candidatou a prefeito, foi vice na administração de Pedro Paulo Fischer (PDT), em 1993/1996. Pelo menos até ontem, 4, a aliança recém-firmada tinha, ainda, outros quatro partidos: o PTB, o PSDB, o DEM e o PPS.
Em relação às eleições deste ano, a primeira chapa oficializada na cidade reúne o médico e ex-prefeito Altair Copatti (PT), como pré-candidato a prefeito, e a atual vice-prefeita Eliane Fischer (PDT). As convenções foram realizadas no dia 24 de julho e a coligação ainda conta com o PCdoB, o PRB e a Rede Sustentabilidade.

Aliança quer participação da comunidade
Luiz Fernando Cereser afirma que uma de suas prioridades na campanha, e numa eventual gestão, será valorizar as pessoas. "Fizemos essa aliança pensando em Três de Maio. Fizemos uma união para dar continuidade ao desenvolvimento do município, buscando novas empresas para gerar empregos e renda. Uma união sadia, que não terá ranço contra ninguém, e sim muito trabalho, muita humildade", diz ele ao Semanal.
Quanto ao plano de governo, que ainda será elaborado, Nego Cereser reitera que a aliança vai ouvir a comunidade. "Queremos, junto com os outros partidos, ouvir as lideranças de bairros, as lideranças empresariais, as escolas. De nada adianta nós e os partidos coligados resolverem demandas sem ouvir primeiro a comunidade", analisa.

Busca de recursos
Mario Machado, por sua vez, destaca a importância da proximidade dos gestores municipais com lideranças políticas estaduais e nacionais, com vistas a pleitear recursos para serem aplicados na cidade.
"O PMDB e o PP têm muito essas lideranças, nas duas esferas, e, no nosso entendimento, devemos nos valer disso para que possamos conseguir os recursos para os projetos que a comunidade de Três de Maio anseia, seja por meio de emendas parlamentares ou de projetos", enfatiza.
"O prefeito Casali tem sido muito inteligente e tem tido ao seu lado essas lideranças políticas, que ajudaram a trazer para Três de Maio esse volume de recursos. E nós não queremos ser diferentes. Queremos, caso eleitos, utilizar as mesmas ferramentas. Se ficarmos só administrando a folha de pagamento e a parte administrativa da prefeitura, o município vai estagnar", complementa.
Destacando também a necessidade de investimentos nas áreas urbana e rural, além de saúde e habitação, Mario, assim como Cereser, igualmente fala da importância da geração de empregos. "Com a população tendo renda, o comércio fica aquecido. Com o comércio aquecido, a prefeitura tem maior retorno em impostos. Melhorando os recursos da prefeitura, mais investimentos nas áreas que mais necessitam podem ser feitos", conclui ele.

FOTO: DIVULGAÇÃO

Leia a matéria completa no jornal impresso





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

30/09/2016   |
16/09/2016   |
12/08/2016   |
10/06/2016   |
13/05/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS