Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Ano XXIX - Edição 1487
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Comissão busca recursos para a construção da Ermida da Mãe Peregrina

19/08/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Estimativa é de que investimento será superior a R$ 50 mil; recursos deverão vir de doações, ações e eventos

Formalizada em maio, a Comissão Pró-Construção da Ermida da Mãe Peregrina iniciou recentemente o trabalho de arrecadação de recursos para viabilizar a obra, que será erguida em terreno localizado na esquina das ruas Planalto e Santa Dolores, no Bairro Planalto, próximo à Casa da Cidadania e ao Hotel Karimã.
Sonho antigo da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt - uma das pastorais da Igreja Católica - de Três de Maio, a construção será viabilizada, principalmente, com o recebimento de doações. A ermida será uma espécie de minissantuário - ou seja, não um local fechado, para a realização de missas, por exemplo, mas aberto, para reverência e veneração a Nossa Senhora de Schoenstatt.
O tesoureiro da comissão, Carlos José Demo, estima que a obra deverá representar um investimento superior a R$ 50 mil. A expectativa é de iniciá-la no próximo ano. O projeto dela foi elaborado voluntariamente pelo arquiteto Jorge Augusto Ramos Cassol, que também acompanhará a obra - a ermida terá cinco metros de largura por cinco de altura.
O terreno em que ela será construída, e que tem 330 m², é de propriedade da Diocese Angelopolitana, de Santo Ângelo, à qual a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Três de Maio, pertence.
Inicialmente, a área pertencia às Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Jesus de Três de Maio, que a doaram à diocese. No terreno, a pedido da comissão, a Prefeitura já fez a retirada das árvores e o alinhamento para o passeio.

Campanha reúne 26 integrantes
Hoje, a Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt de Três de Maio é composta por 26 missionárias - cada uma tem um grupo de até 30 famílias da cidade. A campanha local tem como coordenadora Rosa Maria Foletto, também presidente da Comissão Pró-Construção.
Cada missionária é responsável por uma das 26 imagens da Mãe Peregrina, símbolo que retrata a Virgem Maria - ou Nossa Senhora -, mãe de Jesus, com o pequeno Jesus. A Mãe Peregrina recebe o título de Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt - o título foi recebido em Schoenstatt, na Alemanha, na década de 1910, em movimento iniciado pelo padre alemão Josef Kentenich (1885-1968) e que depois se espalhou pelo mundo.
As imagens da Mãe Peregrina percorrem as casas de famílias três-maienses, ficando, geralmente, por 24 horas em cada residência. A Comissão Pró-Construção iniciou em junho a divulgação - com isso, o trabalho de obtenção de recursos - da intenção de construir a ermida.
"Nosso objetivo, com a ermida, é incentivar a fé na Mãe Peregrina, que é nossa protetora, que move nosso grupo de missionárias e visita casas, famílias", diz a missionária Rosa Maria Foletto, complementando que a construção é um sonho de aproximadamente seis anos.

Doações de qualquer valor
A secretária da comissão, missionária Leonida Kehrwald, conta que, além de se buscar obter recursos com doações, serão promovidas ações e eventos. "Contamos com a ajuda das famílias atendidas e da comunidade, mas queremos usar também outras maneiras para complementar a arrecadação, senão a construção poderá demorar muito", diz ela.
Para obter os recursos, a Campanha da Mãe Peregrina pede a ajuda da comunidade, que poderá contribuir com doações espontâneas, de qualquer valor - também, há a possibilidade de doar um valor fixo mensal, durante determinado período, por meio de um carnê, com o doador recebendo, a cada pagamento, um comprovante.
Doações podem ser depositadas em conta do Sicredi - agência 0306, conta-corrente 63051-9, no nome de Mitra Angelopolitana/Comunidade Mãe Rainha. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (55) 9603-7323, com Rosa Maria, e (55) 9964-5897, com Carlos José.

Ermida terá cinco metros de largura por cinco de altura e será construída 
em terreno localizado no Bairro Planalto


Na foto principal: As missionárias Leonida Kehrwald e Rosa Maria Foletto, respectivamente secretária e presidente da comissão, e o tesoureiro Carlos José Demo

FOTO PRINCIPAL: MURIAN CESCA
FOTO 2: REPRODUÇÃO






Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

24/11/2017   |
10/11/2017   |
29/09/2017   |
29/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS