Sexta-feira, 18 de agosto de 2017
Ano XXIX - Edição 1471
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Reverta a ação do tempo sobre a pele: LIKE A PRINCESS

26/08/2016 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
Botox e preenchimento dérmico
A pele é o órgão que mais sofre com a ação do tempo. Isto porque com o avanço da idade perde-se elasticidade, capacidade de reter água e de manter o equilíbrio na produção das fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela sustentação do tecido cutâneo. Além de todo esse processo interno, fatores externos como estresse, fumo, excesso de exposição solar, poluição e consumo intenso de álcool ajudam na aceleração do envelhecimento da pele. 
Não é por nada que em rodas de conversas um dos assuntos mais constantes são botox e preenchimento facial. Para falar sobre este tema, entrevistei a farmacêutica com especialização em estética, Janaine Chassot. Com um grande currículo na área de cosméticos e procedimentos estéticos, ela tira dúvidas e fala de mitos e verdades sobre este tema que tanto desperta interesse dos nossos leitores. 

O que é exatamente o botox e preenchimento facial?
O botox é uma toxina botulínica, produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Tem como principal ação amenizar os movimentos dos músculos da face, prevenindo a formação de rugas e deixando a pele mais jovem. 
Já o preenchimento facial é realizado com ácido hialurônico,  substância biodegradável e biocompatível, de efeito temporário. O preenchedor proporciona sustentação às estruturas faciais e tecidos que podem ter perdido volume ou elasticidade devido ao envelhecimento natural. Ele também aumenta a hidratação da pele na superfície, melhorando a aparência da pele, tornando-a mais viçosa. 

Em que caso é indicado o botox e o preenchimento facial?
O botox é indicado para amenizar linhas de expressão, rugas dinâmicas, sorriso gengival e controlar a sudorese excessiva.
O preenchimento dérmico, por sua vez, é indicado para perda de volume facial, contorno facial, preenchimento de rugas, sulcos, olheiras, região malar, aumentar o volume dos lábios e melhorar o contorno labial.

Quais são as contraindicações?
Tanto o botox como o preenchimento facial são contraindicados em pacientes que têm doenças autoimunes, bem como aqueles que apresentam alergia ao produto.

Os resultados aparecem em quanto tempo?
Para visualizar o resultado final da toxina botulínica, precisa-se, em média, de 15 dias. Em compensação, o volume do preenchimento dérmico pode ser visualizado na hora. Porém, devido ao inchaço normal decorrente do procedimento, é necessário aguardar em torno de sete dias  para visualizar o resultado final.

Quanto tempo dura o efeito? 
O tempo de duração do efeito de cada procedimento varia muito conforme cada pessoa. São exemplos de algumas variáveis a absorção, bem como o local que é aplicado. Geralmente o efeito da toxina botulínica dura de  quatro a oito meses e o efeito do preenchimento dérmico dura de 8 a 24 meses.

Qual é a idade para começar esses tratamentos?
É importante ter cautela. Como o botox é preventivo, assim que as 'ruguinhas' começam a aparecer, a toxina já pode ser aplicada, para desta forma, prevenir a formação de 'vincos' na pele, que uma vez formados, são mais difíceis de tratar. O mesmo vale para o preenchimento, que muitas vezes é utilizado para a harmonização facial.

O resultado fica artificial?
Atualmente, usa-se a quantidade adequada de botox ou preenchedor para cada paciente, a fim de obter um efeito natural, sem deixar o paciente com o rosto congelado ou com lábios exagerados. Como profissional, sempre busco a harmonização facial, respeitando a proporção áurea.

Ponderações finais aos nossos leitores:
Ambos os tratamentos são indolores, realizados por profissional habilitada e especialista em procedimento minimamente invasivo e com produtos com certificação da ANVISA.

Janaíne Chassot
Farmacêutica Esteta / Mestre em Ciências Farmacêuticas




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/08/2017   |
11/08/2017   |
04/08/2017   |
28/07/2017   |
21/07/2017   |
14/07/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS