Sábado, 21 de outubro de 2017
Ano XXIX - Edição 1479
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Sogra

16/09/2016 - Por Yara Lampert
Tweet Compartilhar
Para muitas pessoas, a convivência com a sogra não é nada fácil, sempre cheio de rixas e estresse. Por outro lado, outras pessoas possuem uma intimidade e uma relação boa e saudável com a sogra e a tem como uma segunda mãe. E não pense que esses problemas se resumem somente às mulheres. Alguns homens também possuem conflitos com a sogra.
Mais do que ganhar uma 'inimiga', estabelecer uma má relação com a sogra pode afetar o relacionamento com o parceiro, que acaba se sentindo dividido entre a mãe e a companheira. Segundo a psicóloga, Mara Shirmer, o truque é identificar o tipo de sogra e saber como lidar com ela. 

Tipos de sogra: identifique a sua
Sogra manipuladora: É aquela que costuma representar muitos papéis. Nesse caso, a nora deve se fazer de boba. Vale a regra do entrar por um ouvido e sair pelo outro. Bater de frente não vai mudar a situação e só criará conflitos desnecessários.
Sogra ciumenta: A dica é não encarar as atitudes dela como uma provocação, competição ou ameaça. Manter a postura educada e respeitosa é a melhor saída.
Sogra falsa ou duas caras: É do tipo que trata a nora bem na frente do filho, fala mal da nora para a família e a maltrata quando ele não está por perto. O segredo para evitar problemas é entrar no jogo. O melhor nesses casos é a nora evitar ficar a sós com a sogra e tratá-la sempre com respeito.
Sogra intrometida: A sogra intrometida costuma ser muito inconveniente e se mete em tudo. O conselho para as noras é não tentar provar que ela está errada. Isso evita um conflito maior. 
Sogra amiga da ex: Essa sogra é aquela que não perde a oportunidade de elogiar e citar a ex-namorada do  seu  parceiro (a). Nesses casos, a dica é ser clara e dizer que você prefere não ouvir falar da ex. "Se ela insistir, o ideal é arranjar uma desculpa e, com educação, sair de perto."
Sogrona: É o sonho de consumo de qualquer um, afinal, é gente boa e realmente espera que você e o filho dela sejam felizes. Troca ideia e te trata que nem filha, é bem resolvida e sabe que você não quer substituí-la.
Sogra cobra: Tem uma língua gigante e não consegue conter os comentários maldosos; sempre faz de tudo para o namoro do filho terminar.
Sogra carinhosa: Outro sonho de consumo, além de te tratar bem, adota você como filha e realmente torce para que tudo dê certo, é uma amiga para todas as horas.
Sogra espiã: Está sempre atrás da porta escutando as conversas de vocês dois.
Sogra rodízio: Sempre que você está na casa dela, sai de lá empanturrada de tanto comer. Fica toda hora te oferecendo doces e salgados. No fundo, é sogra boa gente.
Sogra Santo Antônio: Está louca para bancar a casamenteira e agitar o casamento de vocês.
Sogra Ingênua: Acha que o filho é o maior santo do pedaço, e em qualquer confusão que acontecer ele sempre será vítima. 
Sogra enxerida: Parece agente do FBI, sempre quer saber onde vocês estão, com quem estavam, que horas vão chegar e o que fizeram. Também costuma se meter nas  brigas e dar opinião em tudo.
Sogra fashionista: Não importa se você for gente boa e fizer bem para o filho dela, o que vale mesmo é se vestir bem e usar roupas de marca, afinal, imagina a vergonha de apresentar alguém mal vestida para as amigas dela.
Sogra multiuso: Aquela sogra hiperativa, que além de trabalhar, ainda tem tempo para estudar, cuidar da família, da casa, fazer artesanato e academia. O problema não é quando sua sogra é assim, e sim quando ela quer que você seja igual. 

Dicas para viver em paz com a sogra
Converse com seu marido sobre ela: Divida suas emoções sem 'malhar' a mãe dele. Se a megera tiver partido pra cima de você, relate isso tranquilamente em vez de dizer 'Ela quer me matar!'
Conheça sua sogra: Mesmo sendo uma criatura implicante, ela é a mãe do seu amor, que enfrentou dificuldades na vida. Saber o passado da sogra não mudará o fato de ela ser uma chata, mas ajudará a entender suas atitudes. 
Abra o coração para ela: Fale sobre algo que a deixe tocada, como suas lembranças de infância. Deixe que ela veja com os próprios olhos a mulher interessante que você é. 
Nunca entre em competição: Isso não significa que a sogra é mais importante que você, mas ela provavelmente conviveu com o filho (a) muito mais que qualquer pessoa.
Intimidade com ressalvas: A intimidade do casal deve ser preservada acima de tudo. Se você dá intimidade, também concede liberdade para que ela entre em sua vida. Reserve-se e seja discreto com relação ao seu cotidiano (seja o filho, genro/nora). 
Dê atenção à sogra: Costume recebê-la da melhor forma possível, com respeito, educação e afeto. Isso pode fazer com que ela lhe veja com bons olhos.
Faça agrados para sua sogra, especialmente em datas comemorativas: Quem não gosta de um agrado? Todos gostam! Às vezes compre ou faça algo que sabe que ela possa gostar. Pode ser flores, chocolates, um passeio em família, sair pra almoçar ou jantar fora. Isso vai deixá-la muito feliz. Pequenos gestos mudam muita coisa!
Faça visitas a ela e a convide para visitá-la (o). Nem pense em sumir da casa da sua sogra! Faça visitas para sua sogra, seja para almoçar ou simplesmente vê-la. Além disso, chame sua sogra para visitar a casa do casal também. Embora possa ser um grande desgaste, é muito importante para que ela se sinta aceita e incluída.
Finja não se importar. Se sua sogra falar coisas que lhe ofenda, que lhe deixe irritada (o) ou que faça você ficar triste, tente parecer que não está ligando para isso. Sorria e tenha jogo de cintura. No decorrer do tempo, ela desiste. E mesmo se isso não acontecer, você vai se acostumar a lidar com isso de uma maneira bem mais leve. 




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/10/2017   |
06/10/2017   |
29/09/2017   |
22/09/2017   |
15/09/2017   |
08/09/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS