Sábado, 24 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Renovação na Câmara é superior a 50%

07/10/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Seis das 11 cadeiras terão novos nomes em relação à atual legislatura; oposição será maioria

Das 11 cadeiras da Câmara de Vereadores de Três de Maio em 2017/2020, seis serão ocupadas por parlamentares que estarão pela primeira vez como titulares do Legislativo, fazendo com que a renovação seja de 54,54% - em 2012, os hoje recém-eleitos Ernani Weimer (1º suplente do PT nas últimas eleições), agricultor, Lúcia Calegaro Marmitt (2ª do mesmo partido), professora, e Vera Kühler (1ª do PP), igualmente professora, que também concorreu em 2008, haviam ficado como suplentes.
No último dia 2 de outubro, os três aumentaram sua votação em relação a 2012. Ernani, o mais bem votado entre os três no domingo, obteve 487 votos quatro anos atrás, contra 749 em 2016 - aumento de 53,79%. Lúcia somou 449 em 2012 e, agora, fez 607, ou 35,18% a mais, e Vera fez 126 votos a mais do que nas últimas eleições - 657 contra 531, aumento de 23,72%.
Lúcia e Vera foram as únicas mulheres eleitas - desde a legislatura 2005/2008. Por outro lado, se consideradas as alianças partidárias formadas nestas eleições, a futura administração municipal, de Altair Copatti (PT) e Eliane Fischer (PDT), terá cinco vereadores, e a oposição, seis.

Dois candidatos mais votados são estreantes na política
Não apenas entre os futuros novos ocupantes da Câmara, como também entre todos os candidatos, o campeão de votos neste ano foi o advogado Marcos Corso (PP), 29 anos, que teve a preferência de 1.071 eleitores.
Estreante em eleições, ele se tornou, com seu desempenho, dono da segunda maior votação da história do Legislativo três-maiense - ficando atrás do atual vereador Lilico Mella (PPS), 1.080 votos em 2012, e passando o recém-reeleito Cleiton Felipe dos Santos, o Cisquinho (PP), que quatro anos atrás fez 1.065.
Já o dono da segunda maior votação neste ano é o também estreante em disputas eleitorais Josias Corrêa (PRB), comerciário, 34 anos. A terceira colocação ficou com Cisquinho, 760 votos, a quarta com Ernani e a quinta com Vera.
Uma curiosidade destas eleições envolveu os candidatos Flávio Pagel (PMDB), 43 anos, e Jonatan Jahn, o Maguila (PP), 37. Ambos fizeram 564 votos, mas Flávio se elegeu por ser mais velho - a regra está prevista no Código Eleitoral, que diz, em seu artigo 110, que, "em caso de empate, haver-se-á por eleito o candidato mais idoso".

Quatro vereadores não concorreram
A nova composição do Legislativo não significa, no entanto, que todos os seis substituirão seis vereadores da atual legislatura que não tenham se reelegido nas urnas. Isso porque o atual presidente Luiz José Lena (PP), Alexandre Classman (PTB), César da Fontoura (PT) e Lilico Mella optaram por não concorrer.
Da atual composição da Câmara, além de Cisquinho e Flávio, Mario Gonchorovski (PP, 651 votos neste ano), Ivo Novotny (PMDB, 594 votos) e Orlando Maier (PT, 456) foram reeleitos, enquanto Lírio Roque da Rosa (PMDB, 502) e Jorge Leite de Oliveira (PP, 417) ficaram como suplentes.






Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

16/06/2017   |
02/06/2017   |
06/05/2017   |
06/05/2017   |
07/04/2017   |
07/04/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS