Quinta-feira, 15 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Regulando o funcionamento do intestino

21/10/2016 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
Para algumas pessoas, a simples rotina de ir ao banheiro diariamente pode ser um desafio. Devido à rotina dos dias atuais, os hábitos alimentares mudaram e o consumo de fibras se apresenta relativamente baixo em relação à recomendação de 25g ao dia. Manter uma alimentação rica em ingredientes como frutas, verduras cruas, alimentos integrais e grãos auxilia a acelerar o trânsito intestinal. 
Tomar a quantidade adequada de água todos os dias para manter o intestino hidratado é fundamental. A recomendação, para quem tem intestino preso, é de mais de 2 litros diariamente. Isso porque o aumento da ingestão de água auxilia a fibra a realizar suas funções, ou seja, a bebida facilita a formação do bolo fecal, sua movimentação e consequentemente os movimentos intestinais.
Praticar esportes ou outros tipos de exercícios físicos ajuda os movimentos do intestino. A dica é se exercitar pelo menos três vezes por semana. 
O uso adequado de alimentos ricos em gorduras boas, como as mono e as poli-insaturadas, é a atitude mais indicada. Portanto, o segredo é investir em alimentos como nozes, castanhas, peixes de água salgada (salmão e sardinha), azeite de oliva extra virgem, óleo de linhaça ou chia.
Alguns alimentos, quando consumidos em excesso, fazem com que o trânsito intestinal se torne mais lento, resultando no incômodo da prisão de ventre. Portanto, se você tem predisposição ao problema, nunca exagere ao consumir banana, maçã sem casca, goiaba, batata, farofa, assim como pratos preparados com farinha branca.
Você pode acrescentar em sua alimentação o Psyllium, fibra solúvel usada, principalmente, para regular o intestino e aliviar a prisão de ventre. Tem outros efeitos benéficos, como a eliminação de gorduras, controle do colesterol e auxilia no emagrecimento, pois promove saciedade.
Para ter um trânsito intestinal tranquilo, é importante respeitar o ritmo do corpo. Isso significa ter um horário certo do dia para ir ao banheiro, procurando não fugir (ou retardar) o processo quando sentir vontade de evacuar. A dica vale especialmente para as mulheres, pois são elas as que mais sofrem com a prisão de ventre. Um dos motivos, segundo os especialistas, é justamente pela vergonha que elas sentem de usar o banheiro quando estão fora de casa. Quanto mais elas ignorarem esse sinal do corpo, mais difícil será obter um trânsito intestinal regular.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
01/11/2018   |
26/10/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS