Sexta-feira, 22 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

18/11/2016 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - O QUE NOS ESPERA - Nada se sabe do futuro próximo. Muito menos do futuro distante. Tudo é mistério. Fazem-se prognósticos do que poderá acontecer e do que não poderá acontecer amanhã. O futuro de todos nós é cada vez mais incerto. Por todos os lados por onde andamos há arapucas que podem fechar. O mundo está cheio de peripécias e percalços. Há luzes que se apagam a todo instante. Há barreiras que caem a cada momento. Tremores de terra nos rodeiam. Ciclones roncam em nossa volta. As águas do mar se agitam. Armas de fogo disparam tiros e balas perdidas assobiam em nosso redor. O cão uiva e o gato mia. Vozes soturnas clamam no escuro da noite. É preciso estar preparado dia e noite para o que der e vier. Não se saberá o dia e a hora. Quando protestos eclodem se agitam as ruas e avenidas. Há muito suspense por todos os quadrantes e muitas manifestações assustam o povo pacato. A vida no dia a dia se tornou um pesadelo. Em todos os quadrantes do mundo a agitação se espraia e parcela do povo perdeu a noção do equilíbrio. E apela para a ignorância. Todos pagamos pela insanidade.
PÉSSIMA NOTÍCIA - O preso custa 13 vezes mais do que o estudante. Uma boa razão para investir mais na segurança. E investir muito mais em escolas do que em presídios. Um preso custa R$ 2,4 mil por mês e um estudante custa R$ 2,3 mil por ano. Faça as contas. 
SONEGAÇÃO EM ALTA - A Receita Federal atua atualmente em 157 procedimentos de fiscalização de contribuintes envolvidos em sonegação de tributos no Rio Grande do Sul. Muitos bilhões vão pelo ralo por falta de fiscalização competente. 
HÁ QUEM GOSTASSE DAS OBRAS DE MELHORAMENTO INTRODUZIDAS PELA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL: O BAIRRO GUAÍRA HOMENAGEOU E AGRADECEU. O RECONHECIMENTO COMUNITÁRIO É CASO RARO
PLACAS - Recentemente, o colunista esteve na cidade de Igrejinha, cidade industrial do calçado, no Vale do Paranhana. Lá, diferentemente daqui, há muitas placas de vende-se e aluga-se. 
TRESMAIENSE - Por favor, escrevam corretamente o adjetivo gentílico de Três de Maio. Ou querem ensinar ao Papa rezar a missa? O colunista poderá dar uma aula sobre o assunto, se for preciso. 
UM VERDADEIRO CONTRASENSO - A choradeira dos prefeitos eleitos, no dia 2 de outubro passado, já está no ar. Nem assumiram ainda e já estão derramando lágrimas. Estão deplorando a difícil situação econômica que vão enfrentar. Ainda estão em ritmo de festa pela vitória alcançada no pleito e já estão lacrimejando. Um verdadeiro contrasenso. Esperem para chorar. 
PROFESSORES FEDERAIS TERÃO REAJUSTE E OS ESTADUAIS? MEC DÁ 10,77% DE REAJUSTE. QUE TAL!
CORTES - O que mais se ouve dos novos prefeitos eleitos são cortes. Cortes no número de cargos de confiança e cortes nas secretarias. O novo prefeito de Santa Maria, do PSDB, anunciou que vai cortar 10 secretarias. E o novo prefeito de Porto Alegre, também do PSDB, também vai cortar. Ds 37 secretarias, devem ficar, no máximo, 25. Por estas bandas não se ouviu falar nada. Mas podem preparar-se, vêm muitos cortes por aí. 



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS