Terça-feira, 19 de novembro de 2019
Ano XXXI - Edição 1584
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Candidatos eleitos são diplomados

16/12/2016 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
No total, somando os seis municípios, 12 prefeitos e vices e 56 vereadores ocuparão os cargos em 2017/2020

Foi realizada na tarde de ontem, 15, na Câmara de Vereadores de Três de Maio, a diplomação de candidatos eleitos no pleito municipal de 2 de outubro, dentro do âmbito da 89ª Zona Eleitoral (89ª ZE). Com sede em Três de Maio, a ZE ainda abrange Alegria, Boa Vista do Buricá, Independência, Nova Candelária e São José do Inhacorá.
O ato, aberto ao público, foi presidido pela juíza da 89ª ZE, Eliane Aparecida Resende Lopes, e ainda compuseram a mesa principal a promotora eleitoral, Carolina Zimmer, e o chefe do Cartório Eleitoral da ZE, Luiz Carlos Toebe. Em todo o Brasil, a diplomação dos eleitos deve ser realizada até o próximo dia 19.
No total, somando os seis municípios abrangidos, 12 prefeitos e vices foram eleitos para 2017/2020, bem como 56 vereadores - Três de Maio é a única cidade que tem 11 cadeiras na Câmara, enquanto os outros cinco municípios têm nove cada.
Os prefeitos e vices eleitos foram Gustavo Teixeira Bigolin e Eloi Bernardo Bohm (Alegria), Vilmar Sidinei Horbach e Elegio José Brisch (Boa Vista do Buricá), João Edécio Graef e Dirceu Fiorim (Independência), Carlos Luiz Rohr e Renato Antonio Müller (Nova Candelária), Gilberto Hammes e Eduardo Ludwig (São José do Inhacorá) e Altair Copatti e Eliane Fischer (Três de Maio).

'Permanece a titularidade do povo', diz a juíza eleitoral

Na abertura da solenidade, a juíza Eliane declarou aos candidatos eleitos que "o poder que exercerão é temporário e permanece a titularidade do povo". Ela também afirmou que, "diante do quadro de crise institucional que se instalou em nosso país, é de suma importância que a sociedade reflita profundamente sobre os rumos da democracia no Brasil e sobre o papel dos agentes políticos, num momento em que se colocam em perspectiva mudanças tão radicais no Brasil". A magistrada ainda destacou que "o Poder Legislativo não pode ser peça de figuração, assim como o Executivo não pode ser impositor de anseios pessoais".
Por sua vez, o prefeito eleito Altair Copatti reiterou, em entrevista ao Semanal, que as prioridades a partir do ano que vem em Três de Maio serão as áreas da saúde e da educação. Ele avaliou que os primeiros dias - além de dar posse aos secretários e de conhecer os servidores - serão de conhecimento da realidade do Município.
"Também, serão de conversar com a comunidade e explicar a real situação do Município. Isso é importante para que possamos ter a confiança de quem espera de nós um bom governo", observou. "E já desde o início queremos implantar nosso jeito de governar, que é ouvindo a comunidade e estimulando a participação popular, para que possamos atender às demandas mais urgentes e preparar a cidade de modo a termos um 2017 dentro do que queremos", concluiu.


O prefeito eleito Altair Copatti e a juíza eleitoral Eliane Lopes 





Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

01/11/2019   |
04/10/2019   |
07/06/2019   |
24/05/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS