Sexta-feira, 22 de março de 2019
Ano XXX - Edição 1549
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo

20/01/2017 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO - DEVER CUMPRIDO - É bom poder falar isso. No fim de uma jornada. No fim de um compromisso. Ou no encerramento de uma tarefa. Mas é muito melhor poder dizer isso no fim de uma carreira, de uma vida toda repleta de compromissos sérios. Um corolário de uma vida dedicada aos outros. Um sacerdócio em sentido figurado. "Finis coronat opus", diz um ditado latino. Sair com dignidade e inteireza de uma empreitada deve ser o máximo desejo do cidadão íntegro. Não importa ter amealhado fama, capital, fortuna, riqueza, alto prestígio, louros. O que importa é não sair pela porta dos fundos de cabeça baixa, mas sair pela porta da frente de cabeça erguida. Cristo trilhou os caminhos da vida, praticando o bem, mas teve como corolário de sua existência terrena a morte de cruz no Gólgota, mas ao terceiro dia ressurgiu glorioso. As pessoas dignas podem espelhar-se nesse retrato bíblico. Vencer com dignidade sempre. 

"CONGRESSISTAS QUEREM TOLHER O JUDICIÁRIO POR PURO MEDO. ELES ESTÃO NA DEFENSIVA DESDE QUE A OPINIÃO PÚBLICA PASSOU A EXIGIR MUDANÇAS E O FIM DA CORRUPÇÃO SISTEMÁTICA NO BRASIL". Colocação do filósofo Michael Sandel.

"PARA PROMOVER UMA REVISÃO ÉTICA, O BRASIL PRECISA URGENTEMENTE CONSEGUIR ATRAIR NOVOS QUADROS PARA A POLÍTICA. COM OS VELHOS POLÍTICOS, É IMPOSSÍVEL." A colocação também é do filósofo Michael Sandel.  Ambas verdades incontestáveis.

A DUPLA FALTA DE ÉTICA BALANÇOU A POLÍTICA DE TRÊS DE MAIO. O povo que o diga. E o eleitor que dê a resposta lá adiante.

ELOGIOS - O ex-prefeito Olívio José Casali continua recebendo elogios, mesmo após o encerramento do seu quarto mandato. Os elogios são pelo fato de ter trabalhado até o último momento de sua vitoriosa gestão e de ter concluído as obras de asfaltamento da rua Horizontina. A ex-primeira-dama também continua recebendo merecidos elogios pelo seu admirável trabalho à testa do Núcleo do IMAMA.

FORTE CHIADEIRA - É forte a chiadeira dos servidores públicos do Estado  por causa do aumento da contribuição previdenciária, que, a partir de janeiro, passará dos 13,25% para 14%. Não obstante isso, não se cogita de nenhum aumento salarial nos próximos tempos. Aliás, faz algum tempo que aconteceu o último aumento salarial dos servidores públicos estaduais. O que não é segredo é o pagamento dos vencimentos em prestações. 

NADA DE NOVO - Talvez, em tempo algum, foram tão pálidas as posses dos novos Executivos de nossa região. Nenhum novo prefeito veio a público para anunciar algum projeto mais ousado. Todos se restringiram ao anúncio de trivialidades, como garanti da distribuição de remédios, fim do horário único, recuperação de estradas, coleta do lixo. Pelo menos, os novos prefeitos pouparam os prefeitos anteriores, não os criticando. Aliás, a construção do mandato tem que ser feita em cima de realizações e não de críticas.  




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

15/03/2019   |
08/03/2019   |
01/03/2019   |
22/02/2019   |
15/02/2019   |
08/02/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS