Quarta-feira, 24 de maio de 2017
Ano XXIX - Edição 1458
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

PREVENÇÃO - Inicia a vacinação contra o HPV para meninos

20/01/2017 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Garotos de 12 e 13 anos fazem parte do público-alvo da campanha, que objetiva prevenir os cânceres de pênis e verrugas genitais. Em Três de Maio, foram recebidas cem doses da vacina

A vacina contra o HPV (Papiloma Vírus Humano) para os meninos agora faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. A imunização, que até o ano passado estava disponível apenas para as meninas, agora inclui meninos com 12 e 13 anos, que devem tomar duas doses, com seis meses de intervalo entre cada uma. A meta do Ministério da Saúde é proteger 3,6 milhões de garotos neste ano. Até 2020, a faixa etária masculina será ampliada gradativamente para meninos a partir de nove anos.  
Conforme a coordenadora da Vigilância Epidemiológica em Três de Maio, enfermeira Mirian Rascovetzki, o objetivo da vacinação para a população do sexo masculino é prevenir os cânceres de pênis e verrugas genitais. "Além disso, por serem os responsáveis pela transmissão do vírus para suas parceiras, ao receberem a vacina, os homens colaborarão com a redução da incidência do câncer de colo de útero e vulva nas mulheres, prevenindo também casos de câncer de boca, orofaringe, bem como verrugas genitais em ambos os sexos. O HPV também pode ocorrer em latentes por contaminação no canal de parto."
O município recebeu cem doses da vacina. Segundo Mirian, como esta vacina fará parte do Calendário Nacional de Vacinação, não há meta prevista. As unidades de saúde locais que estarão vacinando, neste primeiro momento, são a Unidade Central, unidade Santa Rita e Promorar. O horário de vacinação é das 7h30min às 11h e das 13h às 16h30min.

Imunização de meninas
Outra novidade no calendário de 2017 do SUS é a inclusão das meninas que chegaram aos 14 anos sem tomar a vacina ou que não completaram as duas doses indicadas. O Ministério estima que 500 mil adolescentes estejam nessa situação. Até o ano passado, a faixa etária se limitava dos nove aos 13 anos. Para as garotas, o foco da imunização é proteger contra o câncer de colo do útero, vulva, vaginal e anal, além de lesões pré-cancerosas, verrugas genitais e outras infecções causadas pelo vírus. 
A decisão de ampliar a imunização contra o vírus para o sexo masculino segue recomendações das Sociedades Brasileiras de Pediatria, Imunologia, Obstetrícia e Ginecologia, além de DST/aids, e do Advisory Committee on Imunization Practices (órgão consultivo de imunização dos Estados Unidos). A vacina é aprovada pelo Conselho Consultivo Global sobre Segurança de Vacinas da Organização Mundial de Saúde (OMS).
Atualmente, seis países utilizam a vacina HPV para meninos como estratégia de saúde pública: Estados Unidos, Panamá, Porto Rico, Áustria, Israel e Austrália.

FOTO: DIVULGAÇÃO




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

19/05/2017   |
13/04/2017   |
10/04/2017   |
24/03/2017   |
14/10/2016   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS