Quinta-feira, 15 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

A importância do Ômega 3 na capacidade mental

03/02/2017 - Por Sandra Marasca Martini
Tweet Compartilhar
 O cérebro humano representa apenas 2% do nosso peso total, mas usa aproximadamente 20% do oxigênio consumido por todo nosso corpo quando está em repouso. Ele é um órgão complexo que só recentemente tem sido desvendado.
Você já sabe que os alimentos que comemos influenciam o nosso corpo. Mas o que você não sabe ainda é que eles podem ter muito mais do que uma simples influência no funcionamento do nosso cérebro.
O humor, a motivação e a performance mental estão intimamente ligados aos alimentos que ingerimos. Estudos mostram cada dia mais que algumas substâncias contidas em determinados alimentos podem aumentar a capacidade mental.
A performance mental exige um tipo específico de gordura encontrado mais frequentemente em peixes, conhecidos como ácidos graxos Ômega 3.
Os ácidos graxos Ômega 3 são conhecidos por serem componentes fundamentais da membrana externa das células cerebrais. É através dessa membrana que todos os sinais nervosos fluem.
Então a presença de Ômega 3 cria um ambiente ideal para a troca rápida de 'mensagens' entre as células do nosso cérebro. Se o cérebro para de receber Ômega 3, ele procura se adaptar a essa deficiência. Como consequência, ele fica 'preguiçoso' e as respostas passam a ser mais lentas. Quando esse comportamento é repetido dia após dia, o cérebro passa a encarar esse novo estado como sendo o seu novo padrão normal de funcionamento. É aí que problemas de memória, alterações de humor e dificuldades de aprendizado podem se tornar frequentes.
Estudos mostram que o consumo regular de Ômega 3 está ligado aos seguintes benefícios: boa concentração, boa memória, motivação, boas habilidades motoras, boa velocidade de reação e neutralização do estresse.
As fontes principais de Ômega 3 são os peixes de águas profundas e frias (salmão, atum, bacalhau, arenque, cavalinha, sardinha, truta) e os óleos de peixe.
Para quem não gosta ou não inclui os peixes ou os óleos de peixe no cardápio, as sementes de linhaça e o óleo de linhaça são as melhores alternativas como fonte de Ômega 3.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
01/11/2018   |
26/10/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS