Sábado, 17 de novembro de 2018
Ano XXX - Edição 1533
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

O que a Educação Profissional da Setrem tem de diferente?

16/11/2012 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Maidi Terezinha Dalri*
A principal competência profissional do século XXI é aprender a aprender e, é exatamente nesse foco que a educação profissional da Setrem está atuando. Desenvolver a competência da autoaprendizagem exige trabalhar com os estudantes de forma diferente, onde os mesmos sejam desafiados a serem os principais atores do seu aprendizado, pois um curso que prepara para o mundo do trabalho, para a vida, não pode apenas trabalhar as competências técnicas e atitudinais que hoje o profissional precisa e sim desenvolver nele a capacidade de aprender continuamente e se auto desenvolver na sua profissão, contribuindo com isso para o desenvolvimento das instituições onde estiver inserido. Esse processo não é simples, pois ele exige mudança na forma de se realizar aulas, processos pedagógicos, avaliações e interações. Esse é o segredo da Educação Profissional da Setrem: Desenvolver nos seus estudantes a mais importante de todas as competências: aprender a aprender... Quer saber como... Venha conhecer a nossa instituição e a nossa prática. Cursos Técnicos Setrem onde os desafios educacionais estão alinhados as necessidades e às mudanças contínuas do mundo do trabalho.
Por que fazer um curso técnico?
1 - Existem mais vagas disponíveis para técnicos que para graduados;
2 - Rápida qualificação profissional;
3 - Cursos alinhados com a realização de cada área profissional;
4 - Professores oriundos do mundo de trabalho;
5 - Alto índice de empregabilidade dos estudantes que concluem o curso;
6 - Possibilidade de o próprio estudante pagar a sua faculdade e se sustentar posteriormente atuando como técnico;
7 - Abre as portas para os jovens ingressarem no mundo do trabalho;
8 - Auxilia no processo de amadurecimento pessoal;
9 - Ajuda os estudantes a entenderem como funciona o mundo do trabalho;
10 - Possibilidade de experienciar uma profissão antes de decidir se jogar de cabeça nela;
11 - 95% de empregabilidade imediata, após o término do curso;
12 - Professores com amplo conhecimento técnico da área do curso;
13 - Participação em projetos de pesquisa de nível técnico como aplicabilidade prática imediata;
14 - Possibilidade de realização de estágios desde primeiros meses do curso;
15 - Cursos de curta duração;
16 - Desenvolvimento de atividades de planejamento pessoal e profissional;
17 - 100% de empregabilidade dos estudantes formados depois dos 12 meses;
18 - Egressos dos Cursos Técnicos são destaques nos cursos de graduação que ingressam;
19 - Possibilidade de realização de viagens de estudos para outros Estados do país;
20 - Viagens técnicas e de intercâmbio para outros países;
21 - Desenvolvimento da postura profissional.

*Vice-Diretora da Educação Profissional
Unidade de Ensino Técnico Setrem
Sociedade Educacional Três de Maio



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

09/11/2018   |
19/10/2018   |
11/10/2018   |
05/10/2018   |
28/09/2018   |
21/09/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS