Terça-feira, 23 de julho de 2019
Ano XXXI - Edição 1567
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Excerto do livro: Uma ética para o novo milênio, de Dalai Lama

08/02/2019 - Por Karine Reimann
Tweet Compartilhar
"Existe uma clara diferença entre a autoconfiança válida, no sentido de autoestima, e a presunção - que podemos definir como uma exagerada noção de importância baseada na imagem falsa do próprio eu -, também é essencial distinguir entre a humildade genuína, que é uma espécie de modéstia, e a falta de autoconfiança. Não são a mesma coisa, apesar de muitos confundirem uma com a outra. O que talvez explique em parte por que hoje em dia a humildade muitas vezes seja vista como fraqueza e não como uma indicação de força interior, particularmente na área dos negócios e da vida profissional.
Na vida contemporânea, a humildade é mais importante do que nunca. Quanto mais bem-sucedidos formos em nosso desenvolvimento científico e tecnológico, não só como indivíduos, mas como uma família comum, tanto mais essencial é preservar a humildade. Pois o crescimento de nossas realizações temporais nos faz mais vulneráveis ao orgulho e à arrogância. 
Um método eficaz para desenvolver a autoconfiança e a humildade verdadeiras é refletir sobre o exemplo daqueles cuja presunção os torna objeto do ridículo para os outros. Podem não ter consciência de como parecem tolos, mas isso é evidente para todo mundo. Não se trata aqui de julgar os outros, mas de examinar de perto as consequências negativas desse estado emocional e mental que é a presunção. O mau exemplo dos outros nos estimula a querer evitar esse tipo de fraqueza."
#sociedade #ego #somostodosalunos #somostodosprofessores #diaadia #vida #relaçõesfamiliares #relaçõesprofissionais #corpomentealma #dalailama



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

07/06/2019   |
31/05/2019   |
24/05/2019   |
17/05/2019   |
10/05/2019   |
04/05/2019   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS