Segunda-feira, 24 de julho de 2017
Ano XXIX - Edição 1466
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Nome: Janice Adriane Colla

10/12/2012 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Nome:  Janice Adriane Colla
Idade: 38 anos.
Casada com: Marcelino Colla.
Natural de: Doutor Maurício Cardoso.        
Reside em Três de Maio há 13 anos.
Filha de: Francisco Jacob Watthier (em memória) e Laura Genz Peiter.
Mãe de: Marcelino Colla Junior, 15 anos e Matheus Colla, 12 anos.
Formação em: bacharel em Ciências Contábeis pela Fema em 1995 e Bacharel em Direito pela Unijuí
em 2005.
Profissão: advogada.
Leia-se: Colla e Muniz Advocacia.
Se pudesse mudar de profissão, seria: não me vejo em outra profissão.
Jamais poderia trabalhar como: médica ou enfermeira.
O que mais gosta em seu trabalho: a possibilidade de auxiliar as pessoas na
solução de conflitos.
Para que fins faz uso da internet: para pesquisa no trabalho e lazer com as redes sociais.
Como você se define: uma pessoa extrovertida e com posições firmes; bastante decidida.
Que momento da sua vida você escolheria para reviver: o nascimento dos meus filhos Marcelino e Matheus.
E que momento você gostaria de apagar: nenhum, nada na vida acontece por acaso e toda a vivência é importante para o nosso amadurecimento.
Qual a lembrança da sua infância mais marcante: o tempo em que meu irmão (mais velho, 5 anos) dedicava a brincar de casinha comigo em nossa casa na zona rural de Dr. Maurício Cardoso.
Que habilidades gostaria de ter mas não tem: tocar algum instrumento musical.
O que gostaria de ter sabido antes: que nossa mãe sempre tem razão.
O melhor conselho que já recebeu: defina qual são as suas metas e trabalhe para alcançá-las. Não deposite a responsabilidade do teu sucesso nos outros, pois só depende de você; e não cultive rancores eles só atingem a você mesma.
Um presente que nunca esqueceu: uma surpresa no Dia das Mães preparada pelos meus filhos e meu marido, com direito a slides dos momentos marcantes e cartazes espalhados pela casa.
Qual é o seu bem mais precioso: minha família.
Programa de fim de semana: churrasco em família na casa de minha mãe
e meu padrasto.
Qual seu hobby: trabalhos manuais (bordado) e jardinagem.
Time que torce: Grêmio.
Pratica atividade física: tento fazer caminhada, mas sou pouco persistente.
Estilo musical: gosto de boa música, pode ser de qualquer estilo.
Hábito que não abre mão: tomar chimarrão pela manhã.
Um hábito que quer se livrar: falar sempre aquilo que penso muito impulsivamente.
Qual a paisagem natural que mais impressiona você: as montanhas com neve.
Projeto de viagem: nenhum específico, apenas viajar pelo menos uma vez ao ano.
Qual a maior virtude de uma pessoa: humildade e tolerância.
O que você não tolera: arrogância.
Receita de sucesso: trabalho e paciência.
O negócio do futuro é: tecnologia da informação.
Um nome de sucesso: minha mãe.
Participa de um clube de serviços: participo da Casa da Amizade, na qual sou presidente, atualmente.
Um sonho de consumo: uma casa na praia.
Ponto positivo de sua cidade: pessoas acolhedoras; cidade tranquila, ótima para viver.
E o negativo: disputas pelo poder sem observar a ética.
Seus aplausos vão para: o trabalho voluntário de qualquer natureza.
Nota zero para: falta de compaixão pelo próximo.
O que é Casa da Amizade: a Casa da Amizade é um clube de  serviço, cujo objetivo é ajudar o movimento rotário. As Casas da Amizade ganham força e expressão quando criadas em torno de cada clube rotário, onde os benefícios se multiplicam em favor das comunidades mais carentes, seja na manutenção de projetos em escolas, creches e hospitais, seja na realização de importantes trabalhos adicionais aos programas de seus esposos rotarianos.
Quem pode participar da Casa da Amizade? podem participar além das esposas de rotarianos, senhoras que estão dispostas a prestar serviço voluntário, sendo que estas atuam como sócias colaboradoras da Casa da Amizade.
Quantos integrantes possui o clube: hoje a Casa da Amizade de Três de Maio possui vinte e nove companheiras.
Quais as principais ações: estamos com diversos projetos, mas vale citar alguns que já estão consolidados, como o projeto Aluno Nota 10 desenvolvido em escolas do município de Três de Maio; o Projeto Natal da Amizade em benefício do Lar Bom pastor de Ivagací; o Projeto Eles e Elas na Passarela, cujo lucro é revertido para entidades como o Lar dos Idosos; e muitas outras ações que iremos desenvolver neste ano com a ajuda de toda a comunidade.



Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

14/07/2017   |
07/07/2017   |
30/06/2017   |
30/06/2017   |
23/06/2017   |
16/06/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS