Domingo, 25 de junho de 2017
Ano XXIX - Edição 1462
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Organize adequadamente os alimentos na sua geladeira

08/02/2013 - Por Jornal Semanal
Tweet Compartilhar
Saber o tempo de duração dos alimentos garante que intoxicações alimentares sejam evitadas

   Como ter certeza de que os alimentos guardados há mais tempo na sua geladeira ainda estão bom para o consumo?
Saber o tempo de duração dos alimentos na geladeira é fundamental para evitar intoxicações alimentares.  Ainda mais no verão, pois as altas temperaturas contribuem para  a multiplicação das bactérias nos alimentos.  Conforme o professor Eduardo Cesar Tondo, do Laboratório de Microbiologia e Controle de Alimentos, do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos (ICTA), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), no verão a bactéria que mais causa surtos é a Salmonella, geralmente transmitida pela maionese caseira e alimentos de origem animal, como carnes.
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 30% da população já sofreu de intoxicação alimentar por consumir produtos vencidos.
   Outra dica é evitar o abre-e-fecha da geladeira, pois esta prática altera a temperatura dos alimentos, já que a parte interna vai ganhando calor a cada abertura. Outras orientações são importantes, como manter a geladeira limpa, evitar a superlotação de alimentos e conferir as condições da borracha de vedação.

Organize saua geladeira

   Uma geladeira bem organizada é aquela em que você pode encontrar os produtos com facilidade e, principalmente, armazenados corretamente. Para isso, é importante criar o hábito de colocar cada tipo de alimento em seu devido lugar, para que suas características sejam preservadas.
   É importante entender que cada parte da geladeira possui uma temperatura diferente. Por isso, os alimentos devem ser guardados no local mais indicado para a sua conservação, evitando que os produtos tenham alterações de sabor, cor, textura ou até contaminação por micro-organismos, que causam problemas à saúde.
   Os derivados do leite, por exemplo, são mais perecíveis. Colocá-los na prateleira superior, próxima ao congelador, permite mantê-los por mais tempo, pois nessa área a refrigeração é mais intensa. Já as verduras e legumes têm que ser armazenados na gaveta inferior, em sacos plásticos. Dentro das sacolas, as folhas ficam protegidas das "queimaduras" provocadas pelo frio excessivo e duram mais tempo.
   Uma regra geral é posicionar os produtos de forma que o ar frio possa circular em volta. Então, deixe um espaço entre os alimentos na geladeira.


O que armazenar na porta

   A porta das geladeiras já vem com um espaço reservado para os ovos. No entanto, segundo a nutricionista Lívia Maria da Silva, esse não é o local ideal para armazená-los. "A porta é o local de temperatura mais alta do refrigerador e, por isso, pode fazer com que os ovos estraguem com mais facilidade. Guarde na prateleira do meio ou na superior, em uma vasilha".

Leia os rótulos

   Nas embalagens deve haver a temperatura correta de armazenamento e o tempo de duração. Acostume-se a ler os rótulos. Alimentos devem estar sempre tampados.
   A legislação diz que alimentos refrigerados devem ficar abaixo de 5ºC e os congelados (freezer) abaixo de - 18°C.



Cada coisa em seu lugar:

Na parte de cima
- Refeição pronta: deve ser refrigerada de imediato e consumida o mais rápido possível. Não coloque panela quente (aquece outros alimentos). Coloque a comida em potes.
- Carne: duração de dois dias. Caso o pedaço seja maior que a necessidade, é recomendado congelar.
- Leite: depende da marca (veja rótulo), mas geralmente dura de três a cinco dias. Iogurte também tem a duração máxima de cinco dias.
- Frios: queijo e presunto fatiados devem ser guardados em potes tampados e têm a duração de três dias.

No meio

- Produtos diversos
- Ovos: os crus não precisam ser colocados na geladeira se forem consumidos em menos de uma semana. Se o consumo demorar mais que isso, podem ser refrigerados, mas sem contato com outros alimentos.

Na parte debaixo
- Frutas, legumes e verduras: o ar seco da geladeira tira a umidade desses alimentos, que vão murchando. Por isso, devem ficar na parte debaixo e armazenados secos (molhados duram menos), em sacos ou potes. Lave antes do consumo.

Na porta
- O ideal é colocar os líquidos, como refrigerante e sucos. Catchup, outros temperos e conservas também podem ser guardados na porta.

No congelador
- O frango cru pode ficar no freezer durante seis meses. Se estiver cozido, esse tempo diminui para três meses.
- A carne bovina fresca dura mais e pode ser congelada por 12 meses. Cortada em bifes, seis meses. Mas, se ela estiver moída, só pode ser armazenada durante três meses.
- Linguiças, salsichas e bacon podem ficar no freezer no máximo dois meses.
- Os vegetais comprados congelados em embalagens plásticas duram cerca de oito meses no congelador.
- O descongelamento ideal para todos os tipos de carnes é dentro de um recipiente, na geladeira, de um dia para o outro. Assim, elas não correm o risco de serem contaminadas fora da refrigeração.
- Os vegetais podem ir do congelador para o fogo, aferventados ou colocados diretamente na panela, na hora do preparo.

É proibido congelar
Deve-se evitar congelar alguns alimentos, pois são mais sensíveis e não resistem ao frio. Por isso, frutas, vegetais, carnes e aves podem sofrer uma pequena alteração no valor nutricional. Confira um pouco mais:
Arroz com molho: ficará esponjoso.
Batata: amolece, esfarela e escurece.
Maionese, pudim e creme: com leite e ovos não congele.
Ovo cru inteiro: a casca estoura. Porém, a clara ao natural congela bem e dura muito tempo.
Iogurte: os componentes se separam e ficam 'terrosos'.
Fruta: só deve ir ao freezer se estiver cozida, em calda ou purê.
Verduras, rabanete e tomate cru: murcham, amolecem e mudam de cor e de sabor.

Do freezer para a geladeira
O descongelamento de alimento deve ser feito com muito cuidado para preservar sabor, textura, aparência e qualidade dos produtos que serão consumidos. Prefira descongelar o alimento na geladeira, o processo pode ser demorado, porém a comida fica protegida contra bactérias. Evite descongelar a comida em temperatura ambiente, pois pode estragar em questão de minutos. A melhor escolha ainda é retirar o alimento do freezer e colocar na geladeira calculando o tempo.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

13/04/2017   |
31/03/2017   |
03/03/2017   |
17/02/2017   |
17/02/2017   |
10/02/2017   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS