Sábado, 19 de janeiro de 2019
Ano XXX - Edição 1541
(55) 3535-1033
jsemanal@jsemanal.com.br
diagramacao@jsemanal.com.br

Economia para Consumo - João Seno Bach

15/02/2013 - Por João Seno
Tweet Compartilhar
À GUISA DE COMENTÁRIO  -  A PREVENÇÃO  - O homem prevenido vale por dois, é como se dizia amiúde em outros tempos. E do desprevenido o que se diz? Não se diz nada a não ser que tem que pagar pela sua falta de prevenção. Quando se sai de viagem, é preciso tomar um sem número de atitudes, para não ser pego de surpresa. Quem vai para a estrada à toa, pode enfrentar muitos contratempos. A vida toda nos cobra atenção. Um freio em condições precárias, pode dar dor de cabeça na estrada. No caso de segurança para evitar  catástrofes causadas por incêndios e outros fenômenos, a prevenção fica acima de tudo. Depois da tragédia, não adianta lamentar. Na prática, o que geralmente acontece, depois de um desastre de proporções, são tomadas as providências que deveriam ter sido tomadas antes. Depois de Santa Maria, existe uma mobilização geral. É preciso saber quanto tempo vai durar a comoção e a vontade de cooperar com mudanças no tangente à segurança.

PIBÃO SÓ NO ANO DA COPA
 
-  A presidente Dilma, cansada de pibinho, queria um Pibão já em 2013. Mas o pibão grandão, que a presidente queria, no fim do ano passado, vai ficar para 2014, no ano da Copa. Agora, haverá festa e foguetório no Palácio do Planalto, se o PIB atingir 3,5% neste ano.
CAPITAL DO FIGO - Escadinhas, minha terrinha, é a capital do figo. Do figo se faz doces em calda, frutas cristalizadas, doces e schmier. E consumo in natura. Na minha infância apanhei muito figo para fazer figada. E quem jogava pouco era apelidado de "figo". O figo se dá bem no terreno úmido das várzeas  do Caí.

CAI  LUCRO
- Da Petrobrás em 2012. A queda foi de 36%. As causas são diversas, sobretudo, a má gestão. E, agora, o consumidor vai pagar o pato com os aumentos dos combustíveis. Aliás, foi pitoresca a manobra do governo: foi diminuída a taxa da energia elétrica com estardalhaço e aumentou o combustível no maior silêncio do mundo.

ANO COMEÇOU COM
  -  Inflação alta. O INPC/IBGE de janeiro registrou 0,92%. O ano de 2012 terminou  com inflação de 6,22%, bem acima dos 4,5% toleráveis. A tendência é de reversão do índice inflacionário, a partir de fevereiro.
ANO PERDIDO  - Para a Confederação Nacional da Indústria/CNI, 2012 foi um ano perdido. Houve setores que caíram até 14,5%: carrocerias, aviões, navios e reboques. Com o aumento do combustível e a queda da energia elétrica busca-se um equilíbrio. Os próximos meses serão de acomodação do mercado.

COBRAR DE QUEM? 
-  Muitas vezes, o povo não sabe cobrar de quem. Por exemplo, no caso de instalação de uma rótula na confluência da av. Senador Alberto Pasqualini e a RS-342, a cobrança está sendo feita por moradores das adjacências. Até com protestos. Só que existem projetos e pedidos(no mínimo cinco) no Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem/DAER, responsável pelas obras em estradas estaduais. Mas a alegação é sempre a mesma: não há recursos.

FRASE DE EX-JOGADOR:
"O Brasil estava com vontade de sediar a Copa do Mundo e, para isso, em outras palavras, abriu as pernas. E o povo brasileiro, depois de 2014, vai pagar por isso". A frase é do ex-jogador e deputado federal Romário, craque do tetra.




Indicar a
um Amigo

Comentários

Deixe a sua opinião

Veja Também

18/01/2019   |
11/01/2019   |
21/12/2018   |
14/12/2018   |
14/12/2018   |
07/12/2018   |




Todos os direitos reservados - Jornal Semanal - Três de Maio - RS